Prefeitura inicia formação continuada de educadores do projeto “Filhos da EJA” nesta sexta-feira

0
86

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), inicia nesta sexta-feira (24), a formação continuada dos educadores do projeto ‘Filhos da EJA’. A formação acontecerá na Faculdade Maurício de Nassau, a partir das 19h, e conta com 34 educadores. A formação de educadores atende 36, das 56 escolas que têm a modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A formação tem como objetivo auxiliar as educadoras e educadores com as atividades lúdico-pedagógicas desenvolvidas com as crianças que ficam na escola enquanto os pais assistem à aula. A iniciativa tem a proposta de evitar a evasão escolar. São centenas de crianças com idade entre três e 12 anos, que frequentam as escolas no mesmo horário em que os pais assistem às aulas. Enquanto os pais prestam atenção no conteúdo didático, as crianças estão sob os cuidados de uma cuidadora que capricha nas atividades lúdicas e recreativas.

Os encontros acontecerão até o mês de dezembro, totalizando 40 horas de formação. Além disso, os participantes terão atividades não presenciais que fazem parte do processo formativo como os relatórios das atividades desenvolvidas em sala. Ao término da formação o educador receberá um certificado de conclusão, desde que tenha participado de 80% do processo de formação continuada.

Atividades lúdicas – Embora estejam no ambiente escolar, todas as atividades desenvolvidas pelos filhos de estudantes, tem um caráter lúdico e recreativo. Durante cerca das três horas, as crianças têm direito à merenda, descanso e brincadeiras.

A atividade trabalha segmentos como artes plásticas, literatura, inclusão digital, música, atividades lúdicas. A escola disponibiliza todos os espaços para a execução das tarefas, a exemplo do refeitório, sala de vídeo, sala de informática e biblioteca. Todos os dias, os participantes são estimulados a aprender novas palavras. O grupo também tem aulas de cidadania, ética, recreação e pintura.

A EJA – A Educação de Jovens e Adultos é reconhecida pela Lei de Diretrizes e Base da Educação, LDB nº 9.394, como modalidade de ensino da Educação Básica responsável pela escolarização de pessoas que não puderam ter acesso ou continuidade aos estudos na faixa etária correspondente.

A faixa etária mínima para ingresso na EJA é de 15 anos completos para qualquer um dos ciclos, que são quatro, e compreendem todo o Ensino Fundamental, do 1º ao 9º ano. Para completar os quatro ciclos são necessários dois anos, com carga horária mínima de 800 horas em cada um.