Prefeitura de João Pessoa cancela queima de fogos na praia durante Réveillon para evitar aglomeração

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, Cícero relatou que “o objetivo do cancelamento das festas é, exatamente, não estimular aglomeração. Os fogos seriam um atrativo, então iriam dar essa contribuição que nós não desejamos.” (Foto: Divulgação)

O prefeito Cícero Lucena cancelou a queima de fogos na praia, durante o Réveillon 2021, para evitar a aglomeração de público na orla de João Pessoa. As novas medidas são para prevenção contra o coronavírus, principalmente diante da transmissão da nova variante, a Ômicron. A suspensão da queima de fogos foi anunciada nesta quarta-feira (1º).

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, conforme apurou o ClickPB, Cícero relatou que “o objetivo do cancelamento das festas é, exatamente, não estimular aglomeração. Os fogos seriam um atrativo, então iriam dar essa contribuição que nós não desejamos. Por isso a importância de termos tomado essa atitude para que as pessoas possam comemorar o Réveillon, mas comemorar em família, em espaços fechados onde haja controle porque essa forma todos estarão dando a contribuição.”

Assim como em diversas cidades e outras capitais, Cícero Lucena cancelou o Réveillon no Busto de Tamandaré para evitar a aglomeração de pessoas em um espaço aberto. Justamente por causa da impossibilidade de controlar o público em uma área totalmente aberta, essas festas têm sido canceladas, dando-se preferência a comemorações em lugares fechados, pois permite o controle de acesso somente para pessoas vacinadas contra a Covid-19 ou com uma dose e teste negativo para coronavírus. A intenção é evitar o crescimento de casos graves da doença.

Com Click PB