Precisa de crédito para sua empresa? Confira 5 dicas para conseguir um empréstimo

0
94

As micro e pequenas empresas (MPEs) estão entre as mais prejudicadas pela crise decorrente da pandemia de Covid-19. Assim, para se recuperar, muitas delas precisarão recorrer a empréstimos em 2021. Existem no mercado diversas opções de crédito com condições especiais para pessoas jurídicas, desde microcrédito até empréstimos de maior valor.

Contudo, antes de solicitar o crédito, é necessário compreender a fase atual do negócio e fazer o planejamento financeiro corretamente para garantir o crescimento a médio e longo prazo.

“Para que o empréstimo empresarial seja vantajoso, é necessário bastante planejamento. Você já sabe quanto dinheiro é realmente necessário para a sua empresa e para qual finalidade ele será usado? É essencial que o empreendedor saiba responder a essas duas perguntas. Trabalhar com base em planejamento faz toda a diferença, pois um empréstimo sem organização financeira pode comprometer a saúde fiscal do negócio”, destaca o cofundador da fintech BizCapital, Cristiano Rocha.

Se sua empresa está precisando de crédito, confira a seguir cinco dicas para conseguir um empréstimo.

Cuide da sua imagem

Embora o empréstimo possa ser contratado em nome da empresa (PJ), o perfil dos sócios da empresa também será avaliado durante a análise de crédito. Desta forma, é necessário resolver todas as pendências pessoais antes de solicitar um empréstimo.

Caso o empreendedor possua contas atrasadas ou esteja com o nome negativado, o banco poderá entender que ele não fará uma boa gestão financeira do negócio, negando o pedido. Por isso, é necessário manter as despesas e contas em dia, tanto as pessoais quanto da empresa, para ter mais chances de conseguir o crédito.

Cumpra com suas obrigações fiscais

Além de evitar a cobrança de multas, pagar os impostos da empresa em dia também pode ajudar durante a análise de crédito. Assim, no fim do mês, verifique se todos os tributos já foram pagos para não ter problemas no futuro.

Declare corretamente o faturamento da empresa

Ao declarar um faturamento inferior ao valor real, os bancos e instituições financeiras podem ter a impressão de que a empresa é menor, e até que o empreendedor pode ter algo a esconder. Além disso, o valor do crédito será menor do que a empresa realmente poderia receber, com cobrança de uma taxa de juros mais elevada, resultando em prejuízo para o negócio.

Cuide do fluxo de caixa

Uma boa gestão do fluxo de caixa permite que o empreendedor consiga prever se os recursos da empresa serão suficientes para manter sua operação. Neste caso, se necessário, ele poderá se adiantar e buscar crédito para o capital de giro, com maior prazo para pagar e taxas de juros mais acessíveis, a fim de reorganizar suas finanças.

Busque crédito em instituições de confiança

Atualmente, existem fintechs que oferecem empréstimo PJ com contratação online e liberação do crédito direto na conta em algumas horas. Desta forma, o empreendedor deve ficar atento às condições e verificar se a instituição é de confiança para solicitar o crédito e evitar endividamentos no futuro.

“O empréstimo PJ, quando bem organizado financeiramente, não só impulsiona o crescimento, como também alivia o caixa atual da empresa. Dessa forma, você não mexe no dinheiro que tem e aproveita o crédito para investir no que precisa para avançar com seu negócio”, destacou Rocha.

Leia também: Governo amplia período de carência para empréstimos concedidos pelo Pronampe