Tião Lucena diz que Lígia só esperava assumir para puxar o tapete de Ricardo

O jornalista Sebastião Lucena, secretário adjunto de Comunicação do Estado, discorda da análise feita pelo colunista político Nonato Guedes sobre o rompimento de Ricardo com os vices, quer na prefeitura de João Pessoa, quer no governo do Estado.

De acordo com Tião, Rômulo Gouveia, que foi vice na primeira gestão do governador, seria o senador de Ricardo nas eleições de 2014, mas na undécima hora teria passado para o outro lado. “Pela manhã se reuniu com Coutinho, firmaram compromissos e ao meio dia anunciava apoio a Cássio”.

Com relação a Luciano Agra, que foi vice na segunda gestão de Ricardo na prefeitura, Tião conta que ele seria o candidato natural na eleição de 2012. Só não foi porque desistiu. “E somente depois de desistir, inventou o volta agra, já com Estela anunciada”.

Já sobre a vice-governadora Lígia Feliciano, Tião afirma que ela, junto com o marido, o deputado Damião Feliciano, só esperava assumir para puxar o tapete de Ricardo Coutinho. “Já tinha até secretariado montado”, afirmou ele.