TCE julga irregulares obras executadas pela prefeitura de Alhandra

O prefeito de Alhandra, Renato Mendes, vai ter que devolver aos cofres públicos a quantia de R$ 359 mil por pagamentos indevidos na execução de obras no município.

A decisão é da Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado, que julgou irregulares as obras executadas no exercício de 2011, pela prefeitura de Alhandra, sob a responsabilidade do prefeito Renato Mendes, referente à terraplanagem e pavimentação em paralelepípedos nas ruas da Pituba, Beatriz Ferreira, Severino Joaquim; e drenagem pluvial das ruas das Margaridas e Joaquim Francisco do Nascimento.

O gestor também foi condenado a pagar multa pessoal, no prazo de 60 dias, no valor de R$ 7.882,17, “por ato de gestão ineficiente e antieconômico”.

imagem11-04-2018-11-04-11

amei