Ministério Público pede nas alegações finais do caso Empreender a cassação de Ricardo

Nas alegações finais da AIJE do Empreender, a Procuradoria Regional Eleitoral pede a cassação dos diplomas do governador Ricardo Coutinho e da vice-governadora Lígia Feliciano, bem como a aplicação de multa e a declaração de inelegibilidade pelo prazo de oito anos (esta última apenas em relação ao governador).

A manifestação do Ministério Público tem 217 páginas e foi assinada pelo Procurador Regional Eleitoral, Victor Carvalho Veggi. Agora caberá ao relator do processo, desembargador Carlos Beltrão, pautar o processo para julgamento.

A AIJE investiga o uso da máquina pública estadual nas eleições de 2014, em prol da reeleição do governador Ricardo Coutinho.

imagem13-07-2018-21-07-38

imagem13-07-2018-21-07-39