Inquérito contra prefeito de Pocinhos é arquivado pela Justiça Eleitoral

Foi arquivado pela Justiça Eleitoral o inquérito envolvendo o prefeito da cidade de Pocinhos, Claudio Chaves.

A acusação é de que ele teria efetuado o pagamento de 26 fretes para transporte escolar no valor de R$ 53.647,00, supostamente para captar votos.

A pena prevista para esses casos é de reclusão até quatro anos e pagamento de cinco a quinze dias-multa.

Após as investigações, o Ministério Público Eleitoral pediu o arquivamento do caso por falta de provas.

O arquivamento foi determinado pelo juiz Arthur Monteiro Lins Fialho. “O que se verifica nos autos é que apesar da narrativa dos fatos, não restou comprovada a prática da conduta ilícita tipificada no art. 299 do Código Eleitoral pelo Prefeito de Pocinhos, estando ausente fato concreto de que o Prefeito abordou diretamente os eleitores com intuito de angariar votos em troca de contratação, o que não justifica a continuação das investigações”, escreveu o magistrado.