Policlínica de Municipal de Jaguaribe atendeu 1,3 mil pessoas no primeiro semestre para consultas em oftalmologia

0
115

A Policlínica de Municipal de Jaguaribe realizou 1.381 consultas oftalmológicas de adultos e crianças, no período de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano, uma média de 230 atendimentos por mês. A Policlínica é referência para esse tipo de atendimento em João Pessoa.

No local, o usuário faz consulta com um dos seis oftalmologistas, que atendem em regime de escala, de segunda à quinta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. Ele já sai com a prescrição de óculos, receita para os medicamentos ou, no caso de exames mais complexos, com solicitação para serem feitos na rede conveniada.

Você já imaginou acertar 14 pontos com apenas 14 JOGOS na Lotofácil ?

Uma plataforma completa com inteligência artificial Que te GARANTE 14 e até 15 Pontos com apenas 14 Bilhetes.
Hoje você poderá se tornar um apostador PROFISSIONAL!

COMPRAR AGORA

ESTA OFERTA PODE SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO, APROVEITE!

A Policlínica não faz atendimento por demanda espontânea. Para ter acesso ao serviço, é necessário procurar a Unidade de Saúde da Família (USF) do bairro onde mora, que faz o encaminhamento para a oftalmologia. O usuário já sai com a consulta agendada. Depois é só comparecer à Policlínica no dia e horário marcados.

Este é caso da dona de casa Ana Cristina Borges, moradora da Torre, que passou pela regulação. “Eu procurei a USF do meu bairro e o médico me encaminhou para a consulta com a oftalmologista aqui Policlínica. Já saí de lá com o atendimento agendado e em menos de um mês fui atendida, de onde estou saindo com a receita dos óculos”, contou.

“Como a Policlínica é a única do município que oferece o serviço de oftalmologia, os atendimentos são bem diversos, mas o mais comum é para troca dos óculos. Atendo também a pessoas com glaucoma, catarata, conjuntivite atópica e, nessa época do ano, aparecem também as irritações oculares”, disse a oftalmologista Socorro Melo.

Retorno – Segundo a diretora da Policlínica, Lazuir Braga, existe uma marcação de retorno para todo atendimento. “Quando o usuário sai do consultório, seja com receita de óculos ou de medicamento, já fica agendada uma nova consulta para que o oftalmologista confira os óculos e faça a avaliação”, disse.

O procedimento é o mesmo no caso da solicitação de exames. Se o oftalmologista precisar de exames mais complexos, o usuário retorna à USF, de onde é encaminhado para uma clínica conveniada. Após a realização do exame, o usuário retorna para que médico prescreva o tratamento adequado.