Polícia Civil prende ex-PM envolvido em assalto a supermercado no Geisel em João Pessoa/PB

A Polícia Civil da Paraíba, através do trabalho ininterrupto da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio – DCCPAT – da capital, localizou e prendeu na tarde desta segunda-feira, 21, um dos responsáveis por assalto a um supermercado no bairro do Geisel, no qual foram subtraídos o valor de R$ 40mil em espécie, vários litros de uísque e o automóvel de um funcionário. O assalto aconteceu na madrugada do dia 26 de março de 2017.

Segundo informações do delegado João Paulo Amazonas, o assalto teria sido pratico por um ex-Policial Militar e mais três comparsas. “O vigilante do local foi rendido e submetido, durante quase uma hora, a uma verdadeira cessão de tortura, inclusive permanecendo em observação hospitalar, após conseguir se libertar, por ter vomitado muito sangue em resultado das agressões.”

O preso é um ex-policial militar e foi expulso dos quadros da corporação no ano de 2016, após ter sido condenado pela prática de vários crimes patrimoniais, dentre eles roubo majorado e concussão, restando provado que ele, no exercício da função policial, abordava pessoas e invadia residências com a finalidade de extorquir dinheiro.

Inclusive, na data acima referida, o autuado, que já cumpria pena em regime semi-aberto, não se apresentou no presídio para o recolhimento noturno, conforme determinação judicial, restando assim livre para cometer o ilícito.

“A Polícia Civil, entendendo que o autua do ainda representa uma afronta à segurança e à tranquilidade social, representou recentemente por sua prisão, pleito este que contou com o parecer favorável do Ministério Público e que foi deferido pela conduta enérgica da 1º Vara Regional da Comarca de Mangabeira”, concluiu o delegado.

Fonte: Ascom/Polícia Civil da Paraíba

Foto: Reprodução