POLÊMICA GOSPEL: após propor voto espiritual com Pix, paraibana Renallida Carvalho é chamada “estelionatária espiritual” por pastor e gera agitação na internet

0
83
Foto: Reprodução

O pastor Anderson Silva, líder da Igreja em Movimento, fez duras críticas aos também pastores Leonardo Sales, da Catedral IPTM, e a paraibana Renallida Carvalho. Silva acusou os dois de ‘estelionato espiritual’.

Ambos conhecidos na internet por pousar ao lado de famosos e exibir marcas de luxo, os “pastores” Leonardo Sale e Renallida Carvalho sempre foram motivos de muitas polêmicas por seu estilo de vida.

Você já imaginou acertar 14 pontos com apenas 14 JOGOS na Lotofácil ?

Uma plataforma completa com inteligência artificial Que te GARANTE 14 e até 15 Pontos com apenas 14 Bilhetes.
Hoje você poderá se tornar um apostador PROFISSIONAL!

COMPRAR AGORA

ESTA OFERTA PODE SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO, APROVEITE!

A paraibana Renallida já foi acusada nas redes sociais de arrecadar dinheiro dos fiéis e ostentar em carros de luxo.

Renálida  possui mais de 2,3 milhões de seguidores somente no Instagram, por muitas vezes chamada de Profetiza Jezabel por seus figurinos sensuais, ela ganhou notoriedade por fazer vídeos de um minuto fazendo profecias aleatórias, e voto espiritual com Pix, assim ela conquistou muitos seguidores e fãs nas redes sociais.

Após as críticas no último fim de semana, a pastora foi aos seus stories para responder aos internautas: “Eu sou Eu Sempre fui assim” “Vai beijar na boca”, disse a profetiza.

Em post no Instagram o Teólogo Anderson Silva, escreveu que ele era sempre questionado sobre Renallida e Leonardo, porém não os conhecia até reservar um momento para analisar seus conteúdos divulgados nas redes sociais e concluir que são falsos profetas e estelionatários espirituais, e que em quanto as pessoas não abrirem suas bíblias elas irão abrir sua carteiras para eles.

Anderson Silva tem sido crítico a diversos líderes religiosos. Ele tem criado um hábito de revelar aos fiéis e seguidores sobre as atitudes de muitos pastores com o objetivo de alertar os cristãos sobre os “falsos profetas”, como Anderson tem dito.

“Se tivéssemos políticos sérios no País e que sentissem a dor de uma situação assim, onde pessoas usam a fé para gerar exploração da ignorância alheia, poderíamos ter de fato uma lei mais dura para punir O ENGANO DA FÉ!”, disse. “Que Deus tenha misericórdia! O povo gosta da bagunça e do engano e por isso os falsos profetas que não estão mais nos templos, se tornaram profetas do PIX na internet!”, finalizou ele.

Com Polêmica Paraíba