PMJP proíbe uso de celulares em hospitais e UPAs

0
53

Depois de denúncias de um verdadeiro caos instalado no Hospital de Ortotrauma de João Pessoa, que resultou em uma interdição ética, a Prefeitura de João Pessoa decidiu proibir o uso de telefones celulares em hospitais e UPAs sob a justificativa de que é para impedir a disseminação do novo Coronavírus.

Apesar dos argumentos da Secretaria de Saúde, a decisão foi tomada apenas cinco meses após o início da pandemia, que levou a prefeitura a baixar decretos de isolamentos.

Somente depois que todo o comércio, praias, restaurantes e vários estabelecimentos foram liberados para funcionar é que a administração municipal decidiu tomar a atitude de proibir o uso de celulares nas unidades de saúde.

“Somos fiscalizados pelos Ministérios Públicos Estadual e Federal, pela CGM, pela CGU, pelas defensorias públicas. Somos fiscalizados por quase todo mundo. Então, não é essa a questão. A questão é pela biossegurança, pelos protocolos de organização dos serviços”, completou o secretário.”, disse o secretário de Saúde, Adalberto Fulgêncio, em entrevista à Rádio Correio.