PIS/Pasep de até R$ 1.100 foi antecipado: Veja como sacar

0
105

O abono salarial PIS/Pasep 2020-2021 (ano base 2019) ainda não foi sacado por cerca de 8 milhões de milhões de trabalhadores. O montante disponível para ser retirado na Caixa e no Banco do Brasil equivale a aproximadamente R$ 7 bilhões.

O PIS é pago pela Caixa Econômica Federal para os trabalhadores de empresas privadas, já o Pasep é destinado aos servidores públicos pelo Banco Brasil. O calendário de pagamentos teve início em 2020 e já foi finalizado este ano.

Por causa do aumento do salário mínimo em 2021, o valor do PIS/Pasep varia de R$ 92 a R$ 1.100, de acordo com o número de meses trabalhados durante o ano-base 2019. Só receberá o valor total de um salário mínimo quem trabalhou os 12 meses de 2019.

Podem receber o abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2019. Além disso, é necessário estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou eSocial.

Veja também: Empresa que demitir e ajudar a encontrar emprego terá incentivo no FGTS