PIS, FGTS e Auxílio de R$ 600: Saiba o que receber em setembro

0
109
PIS, FGTS e Auxílio de R$ 600: Saiba o que receber em setembro
PIS, FGTS e Auxílio de R$ 600: Saiba o que receber em setembro

Mais trabalhadores formais e informais serão contemplados com algum tipo de benefício social ou emergencial a partir de setembro. Entre os pagamentos, há novas liberações do PIS/Pasep, FGTS e auxílio emergencial. Os valores dos recursos são variados e podem chegar a R$ 1.200.

As ações, com exceção do abono salarial, foram criadas durante a pandemia, no enfrentamento direto aos impactos econômicos no bolso do brasileiro. Confira a seguir os detalhes de cada ajuda.

Saque emergencial de R$ 1.045 do FGTS

O calendário de repasse aos trabalhadores com dinheiro disponível no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), seja de contas ativas ou inativas, começou no dia 29 de junho. Desde então, já foram pagas 8 lotes, sendo o último no dia 24 de agosto e o próximo para a segunda-feira, 31.

No mês de setembro, o calendário se encerra, na liberação do benefício aos nascidos em outubro, novembro e dezembro. Lembrando que, inicialmente, os repasses acontecem via conta poupança social digital, ou seja, com possibilidade de movimentação pelo app Caixa Tem. Saques e transferências são liberados após algumas semanas.

Confira o calendário completo abaixo:

Mês de nascimento Crédito em conta Saque ou transferência Janeiro 29 de junho 25 de julho Fevereiro 6 de julho 8 de agosto Março 13 de julho 22 de agosto Abril 20 de julho 5 de setembro Maio 27 de julho 19 de setembro Junho 3 de agosto 3 de outubro Julho 10 de agosto 17 de outubro Agosto 24 de agosto 17 de outubro Setembro 31 de agosto 31 de outubro Outubro 8 de setembro 31 de outubro Novembro 14 de setembro 14 de novembro Dezembro 21 de setembro 14 de novembro

Abono salarial PIS/Pasep

O governo federal também liberou o novo calendário do abono salarial PIS/Pasep para quem trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2019. Os repasses acontecem até 30 de junho de 2021.

Enquanto funcionários de empresas privadas recebem o PIS de acordo com a data de nascimento do trabalhador, servidores públicos são contemplados com o Pasep conforme o número final de inscrição no órgão de atuação. Veja:

PIS

  • Nascidos em julho: recebem a partir de 16 de julho de 2020;
  • Nascidos em agosto: recebem a partir de 18 de agosto de 2020;
  • Nascidos em setembro: recebem a partir de 15 de setembro de 2020;
  • Nascidos em outubro: recebem a partir de 14 de outubro de 2020;
  • Nascidos em novembro: recebem a partir de 17 de novembro de 2020;
  • Nascidos em dezembro: recebem a partir de 15 de dezembro de 2020;
  • Nascidos em janeiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2020;
  • Nascidos em fevereiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021;
  • Nascidos em março: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021;
  • Nascidos em abril: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021;
  • Nascidos em maio: recebem a partir de 17 de março de 2021;
  • Nascidos em junho: recebem a partir de 17 de março de 2021.

Pasep

Final de Inscrição Recebem a partir de Recebem até 0 16.07.2020 30.06.2021 1 18.08.2020 30.06.2021 2 15.09.2020 30.06.2021 3 14.10.2020 30.06.2021 4 17.11.2020 30.06.2021 5 19.01.2021 30.06.2021 6 e 7 13.02.2021 30.06.2021 8 e 9 17.03.2021 30.06.2021

O valor pago pode chegar a R$ 1.045 em 2020 e varia conforme o tempo de atividade exercida. Caso a pessoa tenha trabalhado por 12 meses, ela terá direito ao valor máximo, nesse caso, um salário mínimo. Já quem trabalhou por 30 dias, tempo mínimo, o valor de repasse é de R$ 87,08.

Quem trabalhou em 2018 e ainda não sacou terá uma nova chance de resgate do benefício, utilizando das mesmas datas e critérios do atual calendário (como por exemplo, ter recebido em média até dois salários mínimos durante o tempo do trabalho, ter inscrição há pelo menos cinco anos no PIS/Pasep, etc).

Auxílio emergencial de R$ 600

Destinado aos brasileiros informais, desempregados, autônomos, além de microempreendedores individuais, o auxílio emergencial é uma das medidas de combate aos impactos causados pela pandemia. O valor atualmente é de R$ 600 ou R$ 1.200, no caso de mães chefes de família.

Em setembro, a Caixa Econômica Federal libera os créditos de novas parcelas do beneficío. O destaque vai para o repasse da 5ª parcela via Caixa Tem, com início na sexta-feira, 28 de agosto, para os nascidos em janeiro.

No dia 2 de setembro, serão beneficiados os nascidos em fevereiro, no dia 4 os nascidos em março e assim por diante. Confira o calendário completo de repasse da quinta parcela do benefício, assim como o cronograma de saque e transferência:

Crédito via Caixa Tem

  • Nascidos em janeiro – 28 de agosto;
  • Nascidos em fevereiro – 2 de setembro;
  • Nascidos em março – 4 de setembro;
  • Nascidos em abril – 9 de setembro;
  • Nascidos em maio – 11 de setembro;
  • Nascidos em junho – 16 de setembro;
  • Nascidos em julho – 18 de setembro;
  • Nascidos em agosto – 23 de setembro;
  • Nascidos em setembro – 25 de setembro;
  • Nascidos em outubro – 28 de setembro;
  • Nascidos em novembro – 28 de setembro;
  • Nascidos em dezembro – 30 de setembro;

Saques e transferências para outras contas

  • Nascidos em janeiro – 19 de setembro;
  • Nascidos em fevereiro – 22 de setembro;
  • Nascidos em março – 29 de setembro;
  • Nascidos em abril – 1 de outubro;
  • Nascidos em maio – 3 de outubro;
  • Nascidos em junho – 6 de outubro;
  • Nascidos em julho – 8 de outubro;
  • Nascidos em agosto – 13 de outubro;
  • Nascidos em setembro – 15 de outubro;
  • Nascidos em outubro – 20 de outubro;
  • Nascidos em novembro – 22 de outubro;
  • Nascidos em dezembro – 27 de outubro.

Lembrando que esse calendário é para quem se inscreveu pelo site ou aplicativo e recebeu a primeira parcela do benefício em abril.

Leia ainda: Bolsonaro deve definir novo valor do auxílio emergencial nesta sexta, 28