Peres irá rescindir contrato do Santos com a Umbro: “Valores são irrisórios”

Eleito presidente do Santos no início de dezembro, José Carlos Peres irá rescindir o contrato do clube com a Umbro. O vínculo com a fornecedora de material esportivo foi assinado em outubro pelo então mandatário Modesto Roma Júnior.

O acordo com a empresa inglesa começaria a valer a partir de março de 2018, quando acaba o contrato atual com a Kappa. Na visão de Peres, Modesto não poderia ter fechado o negócio com a Umbro pois estava em período eleitoral, afinal, o pleito aconteceu no dia 9 de dezembro.

Peres quebrará o contrato assinado por Modesto Roma com a Umbro (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Além disso, o novo presidente alega que o Peixe pode conseguir um valor maior pelo material esportivo. Membros da diretoria de Modesto disseram que o contrato de dois anos com a Umbro tinha valor total de R$ 7 milhões.

“A Umbro já foi avisada disso. Vamos em busca de outro fornecedor de material. Os valores que foram assinados são irrisórios”, disse José Carlos Peres, em entrevista à “Folha de S.Paulo”.

Para substituir Kappa e Umbro, Peres iniciou conversas com a Puma na última semana e espera avançar no negócio até o fim do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *