Pedro promete empenho para levar PSDB a retomar protagonismo na PB

0
102
Pedro promete empenho para levar PSDB a retomar protagonismo na PB
Pedro promete empenho para levar PSDB a retomar protagonismo na PB

Em declarações a jornalistas de João Pessoa, o deputado federal Pedro Cunha Lima, presidente do diretório estadual do PSDB, deixou clara a sua disposição de lutar para que o partido retome o protagonismo político na Paraíba já a partir das eleições municipais do próximo ano, com a vitória de um número expressivo de candidatos e candidatas a prefeito(a)s, vices e vereadore(a)s. Ele confirma que a estratégia maior dos tucanos está focada nas eleições majoritárias de 2022 à sucessão do governador João Azevêdo, do PSB, e que buscará reforços para aumentar a competitividade da agremiação e fazer frente ao rolo compressor oficial.

Pedro Cunha Lima tem seu nome apontado como alternativa para disputar o governo, mas não precipita prognósticos nesse sentido, advertindo que é necessário queimar etapas dentro do cronograma, passando pelo investimento nas eleições municipais vindouras. O PSDB planeja candidaturas próprias às prefeituras de João Pessoa e Campina Grande. Na Capital, o nome que está tendo maior visibilidade, no momento, é o do deputado federal Ruy Carneiro, que admitiu esta semana entrar no páreo se houver uma conjugação de esforços e um consenso sobre a viabilidade eleitoral do seu nome. Ele foi candidato a prefeito em 2004, sendo derrotado nas urnas por Ricardo Coutinho.

O presidente do diretório estadual não descarta o nome do ex-senador Cícero Lucena como alternativa à sucessão em João Pessoa, apesar de Cícero haver dito que encerrou sua passagem pela vida pública. Lucena foi prefeito por duas vezes, eleito em 1996 e 2000, e ainda disputou o segundo turno em 2012, perdendo para Luciano Cartaxo (PV). “Ainda há tempo para a construção de outras alternativas”, revela, otimista, o deputado Pedro Cunha Lima. Dentro do cenário de novas filiações planejadas pelo PSDB há chance de aparecer um nome com densidade para competir. O partido, nesse ponto, seguiria a estratégia do MDB do senador José Maranhão, que investe na atração do deputado Walber Virgolino, do Patriota, com a condição de que ele seja o candidato no próximo ano à prefeitura.

Em Campina Grande, teoricamente, o PSDB conta com os nomes do senador Cássio Cuinha, do deputado estadual Tovar Correia Lima e do próprio Pedro. Mas a discussão, como deixou claro o próprio deputado Pedro Cunha Lima, passará por uma articulação estreita com o atual prefeito Romero Rodrigues, que foi reeleito em 2016 e que se desfiliou do PSDB, passando a comandar o PSD, sem, no entanto, perder o vínculo com o esquema liderado pelos Cunha Lima.

Deixe uma resposta