PB tem até 31 de dezembro para implantar cartões do Mercosul, o Detran diz que não pode garantir a

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estipulado, nesta sexta-feira (30), em um prazo de até 31 de dezembro para o Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) implementar o padrão de placas Mercosul no estado. O superintendente Agamenon Vieira afirmou que ainda não sabe se você vai ser capaz de cumprir o prazo.

“Neste ponto, eu não posso garantir. Eu vou para atender a próxima terça-feira de manhã, o Departamento de Processamento de Dados do Detran e também a empresa que implementa o serviço de emplacamento no estado da Paraíba para a gente fazer uma avaliação e dar uma resposta mais concreta sobre se será possível implantar até o dia 31”, disse ele.

O superintendente explicou que, no dia 28 de novembro, tinha enviado uma carta para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), solicitando uma prorrogação de 60 dias, ou mais, do prazo para a implantação da placa com a norma Mercosul em veículos do estado.

De acordo com ele, o departamento de trânsito da Paraíba está enfrentando dificuldades para adaptar-se à implantação de novos cartões. “No caso específico da Paraíba, há uma necessidade por parte da Divisão de Processamento de Dados para completar as adequações necessárias para o sistema”, explicou.

Agamenon ressaltou que respeita o Contran e Denatran, mas questionou a “insistência” em implantar os novos cartões ainda este ano. Ele observou que as mudanças ainda estão sendo feitas na norma, a exemplo da remoção de brasões de armas do estado e do município de placas, feita na última quarta-feira (28).

“São novas iniciativas, muitos governadores vão entrar pela primeira vez, um presidente da república, ao tomar posse, e nós implantar um cartão que tem uma complexidade deste. Precisamos de mais tempo para ter segurança, técnicos e legais”, disse ele.

Consulte os prazos para cada estado e o DF:

  • Rio de Janeiro – até 3 de dezembro de
  • Amazonas, Espírito Santo, Goiás, Pernambuco e Rondônia – até 10 de dezembro
  • Bahia, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul – até 17 de dezembro
  • Acre, Alagoas, Maranhão, Paraná, Piauí – até 24 de dezembro
  • Amapá, Ceará, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Geras, Pará, Paraíba, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins – 31 de dezembro de

Quem precisa trocar

A nova norma só deve ser adotada para o primeiro emplacamento e, para quem tiver o cartão antigo, no caso de a troca do município ou de propriedade.

Novo padrão de placas, já adotado no Rio de Janeiro, prevê combinação de 4 letras e 3 números — Foto: Karina Almeida e Claudia Peixoto/G1

‘Novela’

Esta é a quarta mudança no cronograma de adoção do conselho do Mercosul no Brasil. O padrão já é usada na Argentina e no Uruguai.

Foi anunciado, em 2014, deve ter ido para o efeito aqui em janeiro de 2016, foi adiada para 2017 e, em seguida, por um tempo indefinido.

Uma disputa legal veio parar a exigência, mas o governo recorreu e teve a emplacamentos.

Os últimos capítulos têm envolvido uma autorização para a redução do tamanho, se as placas não se encaixam em determinados locais os veículos e a retirada dos símbolos de identificação do estado e do município.

Da Redação com G1 Paraíba

Selecionamos para você