Paulinho da Força quer Manoel Júnior candidato a prefeito de João Pessoa

0
76
Paulinho da Força quer Manoel Júnior candidato a prefeito de João Pessoa
Paulinho da Força quer Manoel Júnior candidato a prefeito de João Pessoa

O deputado Paulinho da Força (SP), presidente nacional do Solidariedade, que esteve ontem em João Pessoa para empossar o vice-prefeito Manoel Júnior como dirigente estadual da agremiação, defendeu enfaticamente a candidatura do correligionário a prefeito de João Pessoa, chegando a revelar que sua missão no Estado teve duplo objetivo. Numa entrevista ao programa “Correio Debate”, da 98 FM, o parlamentar confirmou gestões para persuadir Júnior a assumir o desafio de partir a disputa, depois de estruturar a agremiação nas principais regiões da Paraíba.

A reação de Manoel Júnior foi de cautela diante das observações do presidente nacional do Solidariedade, justificando que a decisão de aceitar disputar a prefeitura não depende dele. Frisou que se considera parte integrante da gestão de Luciano Cartaxo e que a considera bem avaliada, com rede de creches, de Upas, qualidade nas escolas. “Tudo isso precisa caminhar e há outras coisas que necessitam de ajustes. Quanto a ser candidato ou não, é uma hipótese condicionada a diversos fatores”, acrescentou o vice-prefeito. Ele enfatizou que não guarda mágoas do último processo eleitoral, em que teve desencontros com o prefeito Luciano Cartaxo.

Manoel Júnior contou que recebeu o convite para filiar-se ao Solidariedade no ano passado, logo após a defecção do ex-deputado Benjamin Maranhão, que se filiou aos quadros do MDB. Por uma questão ética, ainda conforme ele, preferiu não aceitar de imediato o convite para ingressar no Solidariedade, inclusive, porque já havia se filiado ao PSC presidido pelo ex-senador Marcondes Gadelha. Agora, investido com plenos poderes na presidência do Solidariedade, o vice-prefeito informou que vai realizar um trabalho de fortalecimento da legenda “com muitas mãos” pelo Estado inteiro, a partir de Campina Grande. O mesmo trabalho será desenvolvido de Cabedelo até São João do Rio do Peixe.

De acordo com o novo presidente estadual do Solidariedade, a agremiação possui comissões provisórias ativas em 26 municípios, mas ele prometeu investir em outras localidades dentro da estratégia de expansão da sigla. Também cogita reativar algumas comissões provisórias que estão com prazo de validade vencido. “Queremos desempenhar um papel de grande relevância nas eleições futuras e tenho convicção de que concretizaremos esse deesideratum”, manifestou o vice-prefeito Manoel Júnior.

Deixe uma resposta