Vereador denuncia precariedade dos veículos usados pela Prefeitura

Galego do Leite 1

O vereador Galego do Leite (Podemos) usou a tribuna da Câmara Municipal de Campina Grande para dar eco a uma denúncia crescente na cidade por parte de pacientes atendidos por veículos da Secretaria de Saúde para deslocamento até pontos de tratamento médico no município. Galego revelou que, de acordo com inúmeros relatos, esses veículos apresentam-se sucateados ou periodicamente quebrados, deixando, neste último caso, de atender à demanda.

Conforme o parlamentar, pessoas que dependem desse transporte têm procurado a imprensa para relatar que, em alguns casos, estão há mais de trinta dias sem poder realizar tratamento, como por exemplo fisioterapia, porque, segundo as informações que recebem da Secretaria de Saúde do Município, os veículos estão em manutenção e sem data para voltar ao serviço. Ele lembrou que, sem o transporte, muitos pacientes interrompem o tratamento.

Além disso, o vereador também apresentou um relato grave que recebeu de mães de crianças com microcefalia. Ele foi procurado por senhoras que denunciaram as más condições dos veículos que levam mães e bebês para tratamento na cidade. “Essas mulheres contam que as Kombis estão em condições precárias, inclusive com falha em itens fundamentais, como os freios, e fazem essa denúncia com medo de que, caso reclamem diretamente à Secretaria de Saúde, acabem tendo o apoio cortado”, explicou.

Galego do Leite declarou ainda que a intenção dele e desses pacientes ao trazer à tona o problema é apenas buscar uma solução. “Os depoimentos que recebemos são alarmantes e apontam para uma tragédia anunciada. A única coisa que se espera é que a prefeitura faça o que tem de ser feito, para dar condições dignas e segurança a esses pacientes”, complementou.

Veja também: Após luta de Galego do Leite, Campina Grande terá Central de Regulação de Leitos

Galego do Leite, aliado de Veneziano, assume comando do Podemos da Paraíba

Galego do Leite e Lindolfo Pires duelam pela liderança do Podemos na Paraíba

Da Redação Paraíba Debate com Paraíba Já