Unanimidade no STF: Aécio vira réu por corrupção passiva e obstrução de justiça

Primeira Turma do STFImagem: Votação STF Ailton de Freitas_Agência O Globo

Por unanimidade, a 1ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) votou por receber a denúncia apresentada pela PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), sob acusação dos crimes de corrupção passiva e obstrução de Justiça.

Deverá ser aberto um processo criminal contra o senador. Outros três investigados, entre eles a irmã e um primo do senador, também serão processados por corrupção. Os advogados de defesa ainda podem recorrer da decisão. O parlamentar agora é réu em ação penal. Ele é acusado de receber propina de R$ 2 milhões da JBS e também de tentar atrapalhar as investigações da Lava-Jato.

“Há transcrições de conversas telefônicas das quais se extrai que estaria tentando influenciar na escolha de delegados da Polícia Federal para conduzir inquéritos alusivos à Operação Lava-Jato, buscando assegurar a impunidade de autoridades políticas investigadas. Surgem sinais da prática criminosa”, disse o relator, Marco Aurélio.

Fonte: O Globo

Veja também: Daniella critica “falta de coragem” de Romero e afirma que “ele não é cumpridor de compromissos”

 

amei