Suspeito de estupro foi agredido com pedaços de madeira, garrafas de vidro e teve corpo carbonizado

Foi encontrado morto, na manhã desta terça-feira (10), o homem de 32 anos suspeito de estuprar uma menina de dez anos, nessa segunda-feira (9), no município de Alhandra, na Grande João Pessoa.

Segundo a Polícia Militar, o suspeito foi morto pelos vizinhos da vítima horas após o crime. O homem teve partes do corpo cortadas e queimadas.

“Nós fomos acionados e quando chegamos ao local constatamos o suspeito morto, com partes do corpo queimado. A mãe dele reconheceu o corpo, que foi levado para perícia”, informou a PM.

A PM também informou que a Polícia Civil busca os responsáveis pelo assassinato do suspeito para que eles respondam por homicídio.

O crime

Uma garota de 10 anos, com sinais de estupro, deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma, na noite dessa segunda-feira. O caso aconteceu na cidade de Alhandra, Região Metropolitana de João Pessoa.

De acordo com apuração, a mãe informou que a criança teria ido ao supermercado por volta das 19h, mas ao retornar para casa foi abordada por um suspeito, que seria conhecido da família. O homem ofereceu um par de sapatos à criança, que foi levada para os fundos de uma escola onde o crime teria acontecido.

A garota foi levada para o Hospital de Trauma, onde recebeu atendimento. De lá, a menina foi transferida para o Hospital Infantil Arlinda Marques para a realização de exames médicos.

Selecionamos para você

amei