Servidores da saúde e aposentados protestam contra desrespeito da gestão municipal

Foto: Fernanda Moura

Em mais um dia de paralisação,  os servidores da saúde de Campina Grande ocuparam novamente a frente da sede da Administração Municipal na manhã desta segunda-feira (09), para protestar contra o atraso no pagamento dos salários, prática que vem sendo recorrente. O movimento foi coordenado pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab).

Outras pautas foram lembradas, já que a categoria está sendo desrespeitada pela Prefeitura Municipal desde o início desta gestão.  “Este é mais um movimento importante e necessário. A população de Campina Grande precisa saber o que os servidores estão vivendo, por isso, é sempre válido fazermos estas denúncias nas ruas, inclusive, para desmentir a propaganda do governo municipal. O prefeito não cumpre a data-base, não cumpre os Planos de Cargos, inclusive os que ele próprio sancionou, não resolve nada, mas na propaganda tudo está maravilhoso”, reforçou o diretor de Comunicação, Napoleão Maracajá.

Servidores aposentados também participaram do protesto, para cobrar o reajuste de 6,8% no benefício, que deveria ter sido efetivado desde janeiro. “Os servidores da saúde há mais de um ano não estão dentro do calendário da prefeitura municipal, pois o pagamento deles não vem sendo dentro do mês trabalhado. Existe até decisão em assembleia que até o quinto dia útil de cada mês, caso não recebam, paralisarão suas atividades até ser normalizado o pagamento. Hoje os aposentados são esquecidos pela gestão municipal, pelo prefeito Romero Rodrigues, quando não concede um reajuste historicamente garantido a eles. A Prefeitura está castigando e perseguindo esta categoria. “, falou o vice-presidente do Sintab, Giovanni Freire.

O Sintab irá agendar nova assembleia, para definir quais os próximos encaminhamentos com relação às reivindicações dos trabalhadores.

Relembre toda a pauta não cumprida:

  • Reajuste salarial de todas as categorias, respeitando-se a data base;
  • Pagamento do benefício referente ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) e da Gratificação por Incentivo ao Trabalho (GIT);
  • Efetivação dos Planos de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) tanto para Agentes de
  • Combates às Endemias (ACE) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS), como para os demais profissionais da saúde;
  • Melhorias das condições de trabalho, que estão precárias em todos os setores da saúde;
  • Efetivação do reajuste de 6,8% nos salários também para os aposentados.

Da Redação com Assessoria

amei