Polícia Civil prende suspeito de integrar ‘gangue da marcha ré’

loja arrombada

Dois homens e uma mulher foram presos pela Polícia Civil de Campina Grande na tarde desta última quinta-feira (12), na cidade de Areia, no Brejo da Paraíba. Segundo a polícia, um dos suspeitos presos foi identificado como Cristiano Andrade dos Santos e seria apontado como um dos integrantes da “gangue da marcha ré”, um grupo que usa carros para arrombar estabelecimentos em Campina Grande e região.

O homem é suspeito de ter participado de um arrombamento a uma loja de perfumaria na madrugada do dia 29 de junho, no bairro Rocha Cavalcante, em Campina Grande. De acordo com a Polícia Militar, cerca de cinco homens deram ré em um carro que destruiu toda a frente da loja e levaram vários perfumes do local.

Cristiano Andrade foi localizado após investigações da Delegacia Especializada de Crimes Contra o Patrimônio de Campina Grande (DRF-CG), que buscava suspeitos de ataques a comércio em Campina Grande. A prisão foi realizada através de uma ação conjunta da DRF-CG com a Delegacia de Polícia Civil de Areia.

Em ação simultânea, a polícia também realizou busca na casa da mãe do suspeito, Maria de Fátima Andrade, na rua Silva Jardim, bairro José Pinheiro, também em Campina Grande. No local, foram encontrados diversos objetos ligados ao tráfico de drogas, como balança de precisão, faca, fita, gillette, sacos plásticos, além de cerca de 2 kg de crack, 1 kg de cocaína e 2 kg de maconha. Conforme a polícia, parte da droga estava escondida em um azulejo falso da casa.

Outro homem preso com drogas

Durante a ação, outro homem foi preso na rua Silva Jardim, localizada também no bairro José Pinheiro, em Campina Grande. Ao perceber a presença da polícia, Edinaldo Lima Herculano começou a correr, o que chamou a atenção dos policiais que seguiram e abordaram o suspeito. Com ele foram encontradas dezenas de papelotes de maconha, além de vários sacos plásticos usados no embalo da droga.

A Polícia Civil informou que a mulher e os dois homens presos foram conduzidos para a DRF de Campina Grande e nesta sexta-feira (13) foram encaminhados para audiência de custódia.

Veja mais: MARCHA À RÉ:Bandidos arrombam Extra e levam eletroeletrônicos

Gangue da marcha a ré desbaratada pela Policia

Loja nova de perfumes sofre ação da gangue da marcha a ré

Da Redação Paraíba Debate com G1 PB