Opiniões sobre “fico” de Romero e Ricardo repercutem na Câmara Municipal de Campina Grande

ricardo recebe pref de campina grande romero rodrigues foto kleide teixeira 7Foto: Kleide Teixeira

Em entrevista à Campina FM, os vereadores Bruno Faustino (PSB) e João Dantas (PSD) deram suas opiniões sobre o “fico” do prefeito campinense Romero Rodrigues (PSDB) e do governador do estado Ricardo Coutinho, desistindo assim de concorrer às eleições 2018 para governo e senado respectivamente.

“O prefeito de Campina nunca foi candidato e ele colocou seu nome para se valorizar. Ricardo Coutinho é um político diferenciado, que tem essa forma diferenciada de governar. É um governador que vem dando certo. Não me surpreendeu seu fico, pois ele é desapegado a cargos e faz a diferença na Paraíba”, declarou Bruno.

Bruno ressalta que precisamos respeitar seja qual for a chapa montada na oposição. Ainda frisa que João Azevedo não vai ter nenhuma dificuldade de representar a Paraíba, hoje é o maior nome na Paraíba e acredita que ele sai vencedor em qualquer cenário.

“No caso do fico de Romero Rodrigues, ele repete o que aconteceu com Ronaldo Cunha Lima quando em 1986 ele seria candidato a governador. Em 1982, ele diz deixa para depois, em 1986 disse não foi dessa vez e em 1990 falou ninguém me sustenta. Assim como Ronaldo Cunha Lima, Romero Rodrigues tem uma administração ímpar. Romero tinha nome mais citado, mas resolveu ficar para terminar sua gestão”, opina João.

João Dantas diz que “Ricardo Coutinho tem a visão que é o rei Sol e acha-se o tal”. Relembra que o mesmo não conseguiu eleger seus candidatos a prefeito de João Pessoa por duas vezes e afirma que Romero tem perfil administrativo e carisma que Ricardo não tem.

Da Redação Paraíba Debate