Operação Cartola: polícia interroga suspeitos de manipular jogos na PB

A Polícia Civil interrogou, nesta terça-feira (10), suspeitos, alvos da Operação Cartola, que teriam relação com o esquema de manipulação de jogos do Campeonato Paraibano. Este é o primeiro desdobramento da operação, que foi deflagrada ontem para investigar fraudes no futebol da Paraíba.

De acordo com as investigações, os envolvidos faziam parte de um esquema que manipulava os resultados de partidas de campeonatos de futebol, adulteração de documentos, interferência em decisões da justiça desportiva (TJD) e desvio de valores oriundos de partidas de futebol profissional.

Durante a operação, o Ministério Público da Paraíba e a Polícia Civil cumpriram 39 mandados de busca e apreensão na Federação Paraibana de Futebol, Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba, sedes de Clubes do Estado, além das casas da ex-presidente da FPF, Rosilene Gomes, do atual presidente, Amadeu Rodrigues, e do presidente do Botafogo de João Pessoa, Zezinho do Botafogo.

Wallison Bezerra – MaisPB

Selecionamos para você

amei