Movimento pede abertura de casa de parto para resolver superlotação do ISEA

iseaaaaa

Um movimento organizado por douleiras está pedindo a abertura da sala de parto do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea). De acordo com a postagem de douleiras que divulgam o evento nas redes sociais, a casa de parto está pronta, mas fechada. A mobilização está marcada para o dia 28 de abril às 8h na Praça da Bandeira.

“A maternidade vive com superlotação, por acolher gestantes de todos os lugares da Paraíba. Uma solução seria abrir essa casa de parto. Vamos pra rua, exigir que a mesma seja aberta para que o serviço, a estrutura e a assistência melhorem”, diz a postagem da doula Priscylla Maia no perfil da rede social dela. 

De acordo com ela, a maternidade pública municipal tem uma casa de parto nova e bem equipada, mas fechada. “Tendo em vista a situação da estrutura atual é a superlotação é revoltante, precisamos lutar pela abertura da casa de parto no Isea”, disse.

A postagem foi compartilhada por várias pessoas e em um dos compartilhamentos, uma douleira pede para que as pessoas se unam para a abertura da casa. “Foi no ISEA, na Paraíba, que iniciei o mergulho nesse campo magnético de atuação na assistência ao parto! Tenho apreço por essa instituição e hoje mesmo de longe também quero lutar pela abertura dessa casa de parto. Ter uma casa de parto ainda é um privilégio, mas todos os Estados devem caminhar para essa conquista. Peço aos amigos de Campina que, se puderem, estejam presente e divulguem esse ato de extrema importância para que se possa concretizar essa abertura! Toda a sociedade se beneficia…”

amei