Ministério da Saúde alerta para fake news sobre vírus H2N3 no Brasil

Imagem: Google

Circula um áudio nas redes sociais e aplicativos de smartphones que propaga informações inverídicas. O Ministério da Saúde afirmou nesta quinta-feira (12) que este áudio é uma fake news, ou seja, não existe uma cepa “H2N3” de vírus da influenza no Brasil.

O MS possui uma rede de unidades sentinelas para vigilância da influenza em todos os estados. Com isto, o país se mantém vigilante quanto à circulação de vírus influenza no Brasil. Os vírus de influenza que atualmente circulam são o influenza A/H1N1pdm09, A/H3N2 e influenza B. A vacina contra gripe, cuja campanha inicia no segunda quinzena de abril, protege contra estes tipos de três vírus.

Em 2018, até 07 de abril, foram registrados 286 casos de influenza em todo o país, com 41 óbitos. Do total, 71 casos e 12 óbitos foram por A/H3N2. Em relação ao vírus A/H1N1pdm09, foram registrados 116 casos e 16 óbitos. Ainda foram registrados 52 casos e 6 óbitos por influenza B e os outros 46 casos e 7 óbitos por influenza A não subtipado.

Já em 2017, o vírus influenza A/H3N2 foi predominante no Brasil durante a sazonalidade e foram registrados 2.691 casos e 498 óbitos por influenza.

Redação PB Debate com Agência Saúde

Veja também: Boqueirão amanhece com mais 100 milhões no aniversário de chegada de águas da transposição na PB

amei