Mesmo aqueles que tinham a 1ª fase do Enem cancelado deve fazer testes no domingo

conteudos enem 1280x720

Os participantes do Exame Nacional do Ensino secundário (Enem), que teve a aplicação da prova cancelada devido a falta de energia elétrica no último domingo (4) deve fazer o exame neste domingo (11). A orientação é do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Estes alunos têm o direito de reaplicar apenas das provas do primeiro dia.

Dois locais de teste foram afetados: um em Franca (SP), com 993 participantes; e outro em Porto Nacional (TO), com 759 pessoas.

Em nota, o Inep diz que vai entrar em contato com esses participantes por e-mail ou SMS registrado na Página do Participante, de aviso sobre a necessidade de participar deste domingo. De acordo com a autoridade local, quem tiver dúvidas pode também entrar em contato pelo 0800 616161 ou pelo canal de auto-serviço.

A cada ano, o Inep reaplica a evidência do Mundo para os estudantes que não fizeram os exames para o cancelamento do teste devido a problemas logísticos ou de infra-estrutura, como por exemplo no caso de uma interrupção no fornecimento de energia elétrica. Em 2018, a necessidade de reaplicação será nos dias 11 e 12 de dezembro.

O Enem de 2018 será aplicada em 1.725 municípios brasileiros, 70 deles de difícil acesso. Tudo em tudo, 5.513.726 alunos estão matriculados. No último domingo, 4,1 milhões de estudantes fizeram o exame, registrando-se o menor percentual de inadimplentes, desde 2009, 24,9% do total de 5,5 milhões de assinantes. Foram aplicadas as provas de linguagem, ciências humanas e redação. Neste domingo, os estudantes são a prova de ciências da natureza e matemática.

A estrutura para a aplicação do Enem envolve 10.718 local de aplicação, 155.254 quartos e mais de meio milhão de funcionários. Foram impressas cerca de 11,5 milhões de provas de doze Cadernos de Questões diferentes. Ainda haverá uma videoprova em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Em todas, quase 600 mil pessoas estão envolvidas na aplicação do exame.

A nota do exame pode ser usado para concorrer a vagas na educação superior pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas de estudos em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fonte: Agência Brasil