Homem que matou a enteada e a mulher foi esfaqueada até a morte, é condenado a 40 anos de prisão, em João Pessoa/PB

Justiça da Paraíba condenou, na noite de terça-feira (23), o homem que é acusado de matar sua própria esposa e a enteada, no bairro do Grotão, na Zona Sul de João Pessoa, a 40 anos de prisão. O crime aconteceu em 1 de outubro de 2015. Três anos mais tarde, Juvanildo Marcolino dos Santos sentado no banco dos réus no julgamento, que durou sete horas, e virá para passar em 2 Tribunal de Justiça do Fórum Criminal de João Pessoa

Juvanildo é acusado de matar Claudia Bernardino dos Santos, de 44 anos, com quem ele tem um relacionamento conjugal, e a Vitoria De Oliveira Sousa, de 15 anos, sua filha. Eles foram mortos a facadas na casa. A polícia prendeu o acusado dias depois, ele veio a admitir a autoria do crime. De acordo com a Polícia Civil, ele estava obcecado com a adolescente do sexo, que fez a investigação segue a linha de um crime de paixão.

A sentença, que foi lida pelo juiz Francilucy Rejane de Sousa Mota por volta das 21h, a condenação do acusado a 20 anos de prisão em regime fechado por cada assassinato. Juvanildo deve seguir a Penitenciária Juiz Flósculo da Nóbrega, no bairro do Róger, onde você deve ficar na prisão a cumprir pena.

Com T5

Selecionamos para você