Governo permite uso do FGTS para compra de órteses e próteses

temer assina decretoO presidente Michel Temer no momento da assinatura do decreto que regulamenta o uso do FGTS para aquisição de órteses e próteses (Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República)

O presidente Michel Temer assinou nesta segunda-feira (16) decreto que permite ao trabalhador com deficiência usar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para a compra de órteses e próteses.

De acordo com a assessoria do Planalto, o decreto será publicado na edição de terça (17) do “Diário Oficial da União”. Temer comentou a assinatura do decreto em um vídeo postado no Twitter.

“Acabei de assinar um decreto que permite que você que tenha alguma deficiência possa liberar o seu Fundo de Garantia para órtese ou prótese”, falou Temer.

Veja também: Saque do FGTS para quem pede demissão passa no Senado

Segundo o Ministério dos Direitos Humanos, o decreto altera o regulamento do FGTS ao acrescentar uma nova situação para movimentação da conta vinculada.

No caso, para poder usar o FGTS na compra de prótese ou órtese, o trabalhador precisará de prescrição médica, bem como apresentar atestado de diagnóstico e laudo médico detalhado.

Conforme o ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha, o decreto pode auxiliar na inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

“Esta medida atende a uma reivindicação do ministério, um grande passo para o atendimento e inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho”, afirmou.

Da Redação Paraíba Debate com Guilherme Mazui/G1 Brasília

amei