Enterrado corpo de suplente de vereador assassinado, em CG

enterro

Foi enterrado no fim da manhã desta quinta-feira (12), no cemitério do Cruzeiro, o corpo do suplente de vereador Wellisson Anderson Pereira França, conhecido como Anderson Maravilha. Ele foi executado aos 31 anos com sete tiros de pistola em frente a casa da sogra na última terça-feira (10), no bairro de Santa Rosa, em Campina Grande.

De acordo com a polícia, Anderson foi surpreendido dento do carro do irmão por um homem que chegou a pé e atirando contra o veículo. O suplente de vereador ainda tentou correr, mas foi atingido com os disparos. No cortejo, amigos e familiares levavam faixas pedindo justiça pela morte do líder comunitário.

A polícia não descarta que a execução tenha sido motivada por circunstâncias políticas, uma vez que Anderson estava prestes a assumir a vaga do vereador Luciano Breno, do Partido Pátria Livre (PPL), que se ausentaria da Câmara por meio de licença.

Anderson Maravilha, como era conhecido, era ativista cultural, líder comunitário e o responsável por realizar o “Natal Maravilha” com a chegada do Papai Noel para as crianças carentes do bairro em que morava. Além disso, fazia parte da Escola de Samba Unidos da Liberdade e era marcador da Quadrilha Junina Arraial em Paris.

Veja também:

  • Suplente de vereador assassinado se preparava para assumir cadeira na Câmara Municipal