“CADÊ O DINHEIRO QUE TAVA AQUI?” Prisão de prefeito, vice e vereadores de Cabedelo é destaque no “Fantástico”; prefeito interino também é citado

fantástico

A edição de ontem, domingo (08), do quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?” do “Fantástico”, trouxe como destaque o escândalo envolvendo o prefeito de Cabedelo, Leto Viana, o vice Flávio de Oliveira, o presidente da Câmara Municipal, 10 vereadores, além de vários servidores, acusados de desviarem cerca de R$ 35 milhões dos cofres do município. O fato se tornou público na última terça-feira (03), após a Polícia Federal (PF) deflagrar a Operação “Xeque-Mate”, tendo como consequência as prisões de alguns do agentes citados acima.

Segundo as investigações, uma verdadeira organização criminosa se instalou no Executivo e no Legislativo Municipal, com à atuação direta de 85 pessoas. O prefeito Leto Viana do PRP, teria comprado o mandato do seu antecessor por R$ 5 milhões, em seguida, viabilizou sua reeleição financiando a campanha de vereadores e forçando que os aliados assinassem cartas-renuncia para que caso a atuação dos mesmos não o agradasse, a carta fosse apresentada e o vereador destituído.

Comprando mandatos de vereadores, Leto conseguiu aprovar a doação de terrenos para grandes empresas e até barrar a construção de um shopping na cidade. De acordo com a operação, favorecendo o empresário Roberto Santiago, proprietário do Manaíra Shopping, localizado na Grande João Pessoa. Santiago também é citado no esquema de corrupção.

imagem09-04-2018-11-04-32

Lucas Santini, ex-vereador de Cabedelo, foi peça fundamental para o início da operação, pois se colocou à disposição da PF para relatar o modus operandi do grupo. Lucas afirma que uma pessoa do esquema era colocada em um determinado cargo na Prefeitura e parte do salário recebido ia para as mãos do prefeito, o mesmo ocorria na Câmara. O delator se encontra fora da Paraíba com medo de represálias. 

imagem09-04-2018-11-04-42

Na reportagem ainda é enfatizada a imagem do prefeito interino da cidade, o vereador Victor Hugo (PRB), que assumiu o cargo na última quarta-feira (04), recebendo de uma secretária de Leto Viana, um envelope com dinheiro.

Confira a matéria na integra no site do Fantástico.

Redação

Veja também:

  • Suplentes tomam posse e vereadores escolhem prefeito interino de Cabedelo