Após ataques de bandidos, Secretaria de Saúde suspende atendimentos de UBSF em Campina

A única Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) da comunidade Vila Cabral de Santa Terezinha está com suas portas fechadas. Um cartaz afixado no portão explica que “devido a violação na UBSF Wilson Furtado, foram suspensos todos os atendimentos por determinação da Secretaria Municipal de Saúde”.

imagem13-04-2018-18-04-10

Esta é a terceira vez que o posto de saúde é alvo dos criminosos somente este ano. O último furto aconteceu na segunda-feira (9). Os criminosos escalaram os muros, arrombaram as portas e roubaram uma televisão, botijões de gás e vasos sanitários. A UBSF não tem vigilância ao período da noite.

Com a suspensão dos atendimentos, cerca de 600 família, de pelo menos três comunidades, precisam encontrar alternativas para ter acesso aos serviços de saúde. Revoltada com a situação, a cozinheira Marcia Sueli cobra a instalação de um sistema de segurança eficiente. “Tem que colocar segurança, cerca elétrica ou alguma coisa pra vê se evita esse esses roubos. Já são três vezes que acontece isso e a população é quem sofre com isso”, diz.

Segundo a Secretária de Saúde  De acordo com o gerente de atenção básica,de Campina Grande,, Miguel Dantas, os ataques às unidades são frequentes e tem afetado diversas comunidades. 

Ainda segundo Miguel, a prefeitura já está providenciando a instalação de sistemas de segurança para evitar novos ataques.

Selecionamos para você

amei