Paraíba gera quase 9,5 mil empregos e deixa o quarto maior saldo da região

0
86
Foto: reprodução

A Paraíba gerou, no mês de agosto, o maior crescimento relativo do País na criação de novos postos e também teve o melhor saldo no ano. No período, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a Paraíba admitiu 20.134 trabalhadores contra 10.649 desligamentos, resultando no saldo de 9.485 novos postos com carteira assinada no Estado.

Em agosto, o mercado de trabalho paraibano registrou, em termos relativos, o maior crescimento do País (2,2%), seguidos dos Estados do Rio Grande do Norte (1,67%) e Alagoas (1,67%). A taxa da Paraíba também foi bem superior à média relativa da Região Nordeste (1,25%) e do País (0,90%).

Todos os setores registraram saldo positivo em agosto, mas os que mais influenciaram foram os setores da indústria (4.771) e agropecuária (2.272), voltados para o segmento da cana de açúcar. Os setores do comércio (1.221) e serviços (1.170) também contribuíram para o melhor saldo do ano. Completando, em menor número dos cinco maiores setores da economia, o da construção civil (51).

No acumulado de janeiro a agosto deste ano, a Paraíba registra agora um saldo de 19.708 postos empregos, resultado da admissão de 109.061 postos criados contra 89.353 desligamentos.  

De Paulo Pessoa