Pacientes com Covid-19 são transferidos da Grande João Pessoa para Campina Grande/PB

0
56
Pacientes com Covid-19 são transferidos da Grande João Pessoa para Campina Grande – Foto: Reprodução

Três pacientes em tratamento contra a Covid-19, que estavam internados nas cidades de João Pessoa, Santa Rita e Mamanguape foram transferidos para Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Hospital das Clínicas, em Campina Grande. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o motivo é a taxa de ocupação de leitos na Grande João Pessoa, que nesta segunda-feira (22), registrou um percentual de 90%.

A previsão inicial da SES era realizar quatro transferências, mas uma paciente que estava internada na cidade de Solânea, no Brejo da Paraíba, preferiu permanecer na cidade e por isso, apenas três pacientes foram transferidos para Campina Grande.

Entre os pacientes transferidos para Campina Grande estão um homem de 31 anos, de João Pessoa, além de uma idosa de Santa Rita, que não teve a idade informada. Eles estão com um quadro clínico estável, mas utilizando ventilação invasiva (intubação) para auxiliar na respiração.

Segundo o diretor técnico do Hospital de Clínicas, Jhony Bezerra, a ocupação de UTI na unidade está em 73%, com 22 pacientes internados e oito leitos disponíveis. Na enfermaria, a oferta de leitos para internação é bem maior, pois o espaço tem apenas 14 pacientes em tratamento médico, com 26 vagas disponíveis.

Jhony ainda afirmou que o Hospital das Clínicas tem recebido solicitações para que pacientes de cidades do Sertão da Paraíba, a exemplo de Santa Luzia e Catolé do Rocha, também sejam transferidos para a unidade hospitalar.

Em Campina Grande, além do Hospital das Clínicas, o Pedro I também recebe pacientes para tratamento contra a Covid-19. Atualmente, o percentual de ocupação dos leitos de UTI é de 40%. O Hospital Universitário Alcides Carneiro, ligado a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) tem 10 leitos de enfermaria disponíveis.

VEJA FALA DO DIRETOR TÉCNICO:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Blog do Márcio Rangel (@blogdomarciorangel)

Com G1/PB