ONU: Papa se cala sobre miséria na Venezuela, mas fala sobre “perigosa situação da Amazônia”

0
137

O Papa Francisco discursou na ONU, nesta sexta-feira (25). Um dos temas tocado pelo pontífice foi a situação da Amazônia e dos povos indígenas que vivem nela.

“Penso também na perigosa situação da Amazônia e de seus povos indígenas. Eles nos lembram que a crise ambiental está intimamente ligada a uma crise social e que o cuidado com o meio ambiente exige uma aproximação integrada para combater a pobreza e a destruição” — disse o papa.

“Não devemos deixar para as próximas gerações os problemas das anteriores. Devemos nos perguntar seriamente se existe entre nós a vontade política para mitigar os efeitos negativas da mudança climática, assim como para ajudar as populações mais pobres e vulneráveis, que são as mais afetadas”, acrescentou.

Francisco, por outro lado, não falou sobre a miséria na Venezuela, decorrente da ditadura socialista de Maduro, ou sobre a comunização da Argentina e nem tão pouco acerca dos escândalos de pedofilia ocorridos dentro da Igreja Católica.