Nubank ultrapassa XP e Banco do Brasil em valor estimado após aporte da Berkshire Hathaway

0
99

O Nubank alcançou um valor de mercado estimado em US$ 30 bilhões após o aporte de US$ 500 milhões da Berkshire Hathaway, empresa do bilionário Warren Buffett, confirmado na última terça-feira, 8. O banco digital também recebeu outros US$ 250 milhões de uma parceria entre Sands Capital, Verde Asset e Absoluto Partners.

Esse novo valor deixam o “unicórnio” brasileiro na posição de quinto banco mais valioso da América Latina, com cerca de R$ 150 bilhões. Em valor de mercado, a fintech só fica abaixo em valor do Itaú (R$ 300 bilhões), Bradesco (R$ 255 bilhões), BTG (R$ 176 bilhões) e Santander Brasil (R$ 169 bilhões), segundo cálculos da Economática.

Os números levam o Nubank a ultrapassar o valor do Banco do Brasil (R$ 103 bilhões), da corretora XP Investimentos (R$ 117 bilhões) e de várias outras instituições financeiras do país.

IPO

Muitos especialistas têm comentado que acreditam que a empresa deve se lançar na Bolsa de Valores em breve. Sobre esse assunto, o banco afirmou que o plano está no horizonte, mas que não é prioridade no momento.

“O IPO será um passo natural em algum momento, mas não é uma prioridade. Estamos focados em oferecer os melhores produtos e serviços para nossos 40 milhões de clientes”, afirmou em nota.

Embora tenha uma fortuna de mais de US$ 100 bilhões, Buffet não costuma investir em empresas brasileiras, o que demonstra que os resultados da fintech está chamando a atenção dos investidores.

Leia mais: Após aporte, empresa de Warren Buffet se antecipa a IPO inevitável do Nubank