Nubank e Banco Inter têm cartões para negativados: Qual o mais fácil de aprovar?

0
130

RESUMO

  • Cartão Nubank para negativados
  • Cartão de Crédito Inter para negativados
  • Qual melhor cartão: Inter ou Nubank?

O número de brasileiros com dívidas em atraso cresceu durante a pandemia. Segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), por meio da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), 66,3% dos consumidores estão endividados, um alta de 0,3 ponto percentual em relação há alguns meses atrás.

Estar inadimplente significa ter restrições quando o assunto é solicitar crédito no mercado. Tanto os bancos tradicionais quanto aqueles com serviços mais modernos e digitais (fintechs) realizam análises do histórico do consumidor antes de liberar uma margem de compra que não seja no débito. As recusas, na maioria dos casos, são constantes.

No entanto, algumas instituições optam por liberar serviços voltados para quem está com o nome sujo e com dificuldade em conseguir aprovação em um cartão. Nesta matéria vamos falar sobre duas delas: o Nubank e o Banco Inter.

Cartão Nubank para negativados

São muitos os motivos que impossibilitam o acesso ao crédito, como renda baixa, histórico de dívidas e nome sujo. Para esses casos, o Nubank anunciou um novo cartão que permite o usuário alterar o próprio limite para compras no crédito.

De acordo com o blog oficial do banco digital, o cartão para adicionar limite Nubank funciona como uma porta de entrada aos consumidores que estão negativados ou que nunca tiveram um cartão de crédito antes. Sem limite pré-aprovado, o cliente precisa “puxar” um valor do saldo da sua conta do Nubank e transformá-lo em limite.

Você também pode gostar: Os 15 melhores cartões de crédito brasileiros sem anuidade

Por exemplo: se o usuário deseja R$ 600 de limite, ele deve ter esse valor em conta para ser transformado na função crédito. Basta ele ir na opção “Adicionar mais limite”, disponível no aplicativo. A partir daí, a quantia é liberada automaticamente para uso na função crédito. Caso ele faça uma compra de R$ 300, parte do dinheiro ficará separada e o limite passa a ser de R$ 300.

Ao final do mês, o consumidor deve pagar a fatura do cartão com o dinheiro retido na conta para voltar a ter o limite inicial. Lembrando que ele deve ter o valor disponível para crédito em forma de saldo na conta do Nubank. Se quiser aumentar o poder de compra do cartão, basta o usuário depositar mais vezes, visto que o saldo na ferramenta varia conforme a quantidade de dinheiro depositado na conta.

Nubank vs Banco InterImagem: Capitalist – Nubank vs Banco Inter: Qual o melhor cartão?

Cartão de Crédito Inter para negativados

O Banco Inter também oferece um cartão de crédito para negativados. Porém, ele funciona na forma de consignado. Ou seja, o pagamento mínimo ou total da fatura é descontado diretamente da folha do usuário, de acordo com a Reserva de Margem Consignável (RMC), que limita o percentual de renda que pode ser utilizada como consignado.

Segundo o site oficial da empresa, podem solicitar a ferramenta servidores municipais, federais, estaduais e dos Tribunais de Justiça. Aposentados e pensionistas também fazem parte da lista de conveniados que podem contratar o serviço.

Com limite para saques ou compras à vista ou parceladas, o cartão de crédito Inter não realiza consulta ao SPC e Serasa. Dessa forma, mesmo quem está negativado pode requerer. Além dessa vantagem, a ferramenta também garante ao usuário os demais benefícios: isenção de anuidade, saque de até 90% do limite do cartão, bandeira internacional para compras no exterior e menores taxas de juros.

Mas afinal: Qual dos dois bancos possui o melhor cartão para negativados, Inter ou Nubank?

A resposta para essa pergunta dependerá do perfil de consumo. O cartão Nubank é ideal para quem está começando a vida financeira ou quer construir um histórico de crédito positivo junto ao banco. Com práticas de boa utilização da ferramenta, por exemplo, o consumidor pode conquistar a confiança junto à instituição e assim garantir limite pré-aprovado.

Já o cartão Inter é mais claro quanto a sua base de usuários. O público que o serviço busca atender tem a chance de conseguir diversos benefícios, o que pode ser algo vantajoso, sobretudo em relação às taxas de juros que, pela modalidade, estão abaixo do que é cobrado pelo valor de mercado. Porém, reforçando, ele se limita ao público de aposentados, pensionistas e servidores públicos.

Por tudo isso, o consumidor deve entender primeiramente qual sua finalidade com o cartão, estabelecendo um planejamento econômico que proporcione atitudes financeiras mais saudáveis, evitando os riscos de endividamento.

Leia ainda: Nubank lança opção de parcelamento de compras específicas; saiba como funciona