Nubank abre loja virtual com produtos para público LGBTQIA+

0
168

O Nubank lançou nesta quinta-feira, 24, sua loja virtual, a Lojinha do Nu. Os primeiros produtos fazem parte de coleção limitada de produtos com bandeiras LGBTQIA+ em apoio à diversidade e inclusão. São porta-cartões (R$ 32) e cadernos (R$ 45) com as cores de algumas das bandeiras da causa.

Além disso, a lojinha também conta com um kit promocional dos produtos (porta-cartão + caderno) – à escolha do cliente e mediante disponibilidade de estoque –  (R$ 65).

Você já imaginou acertar 14 pontos com apenas 14 JOGOS na Lotofácil ?

Uma plataforma completa com inteligência artificial Que te GARANTE 14 e até 15 Pontos com apenas 14 Bilhetes.
Hoje você poderá se tornar um apostador PROFISSIONAL!

COMPRAR AGORA

ESTA OFERTA PODE SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO, APROVEITE!

De acordo com a fintech, no Mês do Orgulho, 100% do lucro gerado com vendas da primeira leva do e-commerce será revertido para a TODXS, organização sem fins lucrativos que ajuda a promover a inclusão da população LGBTQIA+.

“Em nosso trabalho aqui na TODXS, acreditamos que ser uma empresa aliada da comunidade LGBTQIA+ vai além das portas da companhia e demanda ações concretas”, afirma Ana Beatriz Santos, diretora executiva da TODXS. “Essa iniciativa do Nubank no Mês do Orgulho é um exemplo disso por demonstrar o comprometimento da empresa com a causa. Graças a essa parceria, poderemos viabilizar nossos projetos de impacto social e alcançar mais pessoas”, diz Ana Beatriz Santos, diretora executiva da ONG TODXS.

“Diversidade é um dos pilares e valores do Nubank e temos muito orgulho em avançarmos cada vez mais em nossas estratégias com foco em diferentes pautas”, afirma Vitor Martins, especialista em diversidade e inclusão do Nubank.

Segundo Martins, um dos objetivos é despertar na sociedade a reflexão sobre a importância da necessidade de inclusão dessas pessoas com suas identidades, histórias de vida e suas bandeiras.

Em censo realizado entre os 4.500 colaboradores do Nubank, e divulgado em fevereiro deste ano, cerca de 26% de pessoas se declaram como parte da comunidade LGBTQIA+.

Leia ainda: Anitta é anunciada como membro do conselho Nubank