Novo saque FGTS 2021 liberado para os trabalhadores; Consulte seu saldo

0
201

Começou nesta semana o prazo para trabalhadores com saldo no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) nascidos em maio resgatarem sua parcela referente ao saque-aniversário. A modalidade é opcional e permite que o beneficiário retire anualmente uma parte do somatório das contas do FGTS – caso tenha mais de uma.

As liberações acontecem no mês de nascimento do cidadão. Já o saque fica disponível por três meses, contados a partir do primeiro dia útil do mês de aniversário do trabalhador. No caso de nascidos em maio, por exemplo, o prazo final de resgate é 30 julho.

Como funciona o saque-aniversário do FGTS?

Se por um lado é bom ter um dinheiro extra durante a crise econômica intensificada pela pandemia, por outro, a pessoa que aderir ao saque aniversário e deixar o rescisão, perde o direito de sacar o valor integral do fundo caso seja demitido.

Permanece apenas o acesso à multa rescisória de 40% sobre o valor depositado pelo empregador em caso de demissão sem justa causa. A única exceção são os saques permitidos para a compra da casa própria, doença grave ou aposentadoria.

O prazo para aderir ao saque-aniversário e conseguir sacar o dinheiro ainda neste ano é até o último dia do mês de nascimento do trabalhador. Aniversariantes de maio podem aderir à modalidade até 31 deste mês, caso contrário receberão a primeira parcela apenas em 2022.

Calendário saque-aniversário FGTS 2021

Mês do aniversário Início do saque Fim do saque Janeiro 4 de janeiro de 2021 31 de março de 2021 Fevereiro 1º de fevereiro de 2021 30 de abril de 2021 Março 1º de março de 2021 31 de maio de 2021 Abril 1º de abril de 2021 30 de junho de 2021 Maio 3 de maio de 2021 30 de julho de 2021 Junho 1º de junho de 2021 31 de agosto de 2021 Julho 1º de julho de 2021 30 de setembro de 2021 Agosto 2 de agosto de 2021 31 de outubro de 2021 Setembro 1º de setembro de 2021 30 de novembro de 2021 Outubro 1º de outubro de 2021 31 de dezembro de 2021 Novembro 1º de novembro de 2021 31 de janeiro de 2022 Dezembro 1º de dezembro de 2021 28 de fevereiro de 2022

Fonte: Caixa Econômica Federal

Valor do saque-aniversário do FGTS

O saldo liberado para saque àqueles que migram do saque-rescisão (integral) para o saque-aniversário (parte do valor todos os anos e no mês de aniversário) varia conforme o somatório de todas as contas vinculadas ao fundo – para o caso de quem tiver mais de uma.

São sete faixas de pagamento ao todo. Quem possui saldo acima de R$ 500, por exemplo, recebe o percentual do fundo mais parcela adicional fixa em reais. Tire suas dúvidas observando a tabela abaixo:

Valor do saldo (em R$) % do saldo que pode ser sacado Parcela adicional fixa Saque total no piso da faixa Saque total no topo da faixa Até R$ 500 50% 0 —– R$ 250 De R$ 500,01 a R$ 1.000 40% R$ 50 R$ 250 R$ 450 De R$ 1.000,01 a R$ 5.000 30% R$ 150 R$ 450 R$ 1.650 De R$ 5.000,01 a R$ 10.000 20% R$ 650 R$ 1.650 R$ 2.650 De R$ 10.000,01 a R$ 15.000 15% R$ 1.150 R$ 2.650 R$ 3.400 De R$ 15.000,01 a R$ 20.000 10% R$ 1.900 R$ 3.400 R$ 3.900 Acima de R$ 20.000,01 5% R$ 2.900 R$ 3.900 Ilimitado

Fonte: Caixa Econômica Federal

Como consultar o saldo do FGTS?

Para saber quanto há disponível no FGTS, o cidadão deve acessar o site da Caixa ou aplicativo FGTS. A página da estatal pede para informar o Número de Identificação Social (NIS) ou o CPF e, em seguida, clicar na aba que cadastra uma senha de acesso. Quem já tiver criado, basta apenas concluir o login para continuar.

No caso do aplicativo FGTS, o beneficiário precisa, primeiramente, baixá-lo no celular para se cadastrar. O processo exige CPF, nome completo, data de nascimento e e-mail. Em seguida, uma senha de acesso, numérica e com seis dígitos deve ser criada. Assim como no processo anterior, quem já utilizava o app deve apenas informar os dados de acesso criados previamente para logar.

Leia ainda: Caixa libera saques do FGTS 2021 de até R$ 2.900; Saiba quem recebe