NASA aprova telescpio espacial que procurar gua pelo Universo

0
79

Espao

Redação do Site Inovação Tecnológica – 13/01/2021

Vista em corte do telescpio SPHEREx, que ir observar o Universo na frequncia do infravermelho prximo. [Imagem: JPL/Nasa]

Universo no infravermelho prximo

A NASA aprovou o projeto preliminar do seu novo telescpio espacial.

O telescpio foi batizado de SPHEREx, uma sigla bem arranjada para um nome to extenso quanto os objetivos do observatrio: “Espectrofotmetro para a Histria do Universo, poca da Reionizao e Explorador de Gelos”.

O SPHEREx ir observar o cu inteiro na frequncia do infravermelho prximo, usando uma tcnica chamada espectroscopia para quebrar a luz do infravermelho prximo em seus comprimentos de onda individuais – ou cores – assim como um prisma divide a luz do Sol em suas cores componentes.

Dados de espectroscopia podem revelar do que um objeto feito, uma vez que os elementos qumicos individuais absorvem e irradiam comprimentos de onda especficos de luz.

A tcnica tambm pode ser usada para estimar a distncia de um objeto da Terra, o que significa que o mapa criado pelo SPHEREx ser tridimensional. Na verdade, esta ser a primeira misso da NASA a construir um mapa de espectroscopia de cu inteiro no infravermelho prximo, observando um total de 102 cores.

Inflao csmica, formao de estrelas e origem da gua

O observatrio SPHEREx tem trs objetivos principais.

NASA aprova telesc

A tripla proteo necessria para manter a ptica do telescpio isolada de qualquer interferncia. [Imagem: JPL/Nasa]

O primeiro buscar indcios da “inflao csmica”, algo que pode ter acontecido menos de um bilionsimo de bilionsimo de segundo aps o Big Bang. Nessa frao de segundo, o prprio espao pode ter-se expandido rapidamente, um aumento repentino que teria influenciado a distribuio da matria no cosmos. Com o SPHEREx, os astrnomos mapearo a posio de bilhes de galxias em todo o Universo em relao umas s outras, procurando por padres estatsticos causados pela inflao.

O segundo objetivo estudar a histria da formao das galxias, comeando com as primeiras estrelas a se inflamarem aps o Big Bang e vindo at as galxias atuais. O SPHEREx far isso estudando o fraco brilho criado por todas as galxias, um brilho que a razo pela qual o cu noturno no perfeitamente escuro. Ele varia no espao porque as galxias se aglomeram. Com os mapas em muitas cores, os cientistas esperam descobrir como a luz foi produzida ao longo do tempo, o que pode indicar como as primeiras galxias formavam estrelas.

Finalmente, os astrnomos usaro o mapa do SPHEREx para procurar gelo de gua e molculas orgnicas congeladas – os blocos de construo da vida na Terra – em torno de estrelas recm-formadas em nossa galxia. O gelo da gua envolve os gros de poeira em nuvens de gs densas e frias por toda a galxia. Estrelas jovens se formam dentro dessas nuvens, e os planetas se formam a partir dos discos de sobras de material ao redor dessas estrelas. O gelo nesses discos pode semear planetas com gua e outras molculas orgnicas, dando algum indcio da origem da gua da Terra.

Do tamanho de um carro pequeno, o telescpio espacial est programado para lanamento no antes de junho de 2024, mas no depois de abril de 2025.

Seguir Site Inovação Tecnológica no Google Notícias

Outras notcias sobre:

Mais tópicos