Mutirão da Secretaria de Saúde Municipal leva segunda dose da vacina a idosos acamados

0
186

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa está realizando, neste sábado (27) e domingo (28), o segundo mutirão para aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 em idosos acamados. O intuito do segundo mutirão é completar o esquema vacinal das pessoas que receberam a primeira dose.

“São cerca de 1.900 pessoas a serem vacinadas com essa segunda dose, que são idosos acamados e domiciliados. É o acamado restrito ao leito domiciliar e com dificuldade de locomoção, a partir de 80 anos de idade, que foi uma remessa de 19,9% que a gente recebeu para dar uma vacinação a esse público alvo. A expectativa é, hoje e amanhã, estar completando o esquema vacinal dessas pessoas que já receberam a primeira dose”, explicou Fernando Virgolino, chefe de Imunização da SMS.

O aposentado José Rodrigues Cavalcante, de 80 anos, recebeu equipe da SMS em casa, no bairro de Jaguaribe, e garantiu a segunda dose do esquema vacinal. Emocionado e esperançoso, ele foi só agradecimento pela atenção recebida da Prefeitura João Pessoa. “Graças a Deus”, declarou o idoso ao ser vacinado. “Agora, eu fico mais tranquila, porque ele está protegido”, declarou a esposa, Francisca Expedita Silva Rodrigues.

Aos 95 anos de idade, a aposentada Auta Dantas também foi vacinada. Lúcida e com um sorriso no rosto, ela também comemorou. “Estou muito feliz”, disse. A idosa contraiu o coronavírus e ficou internada durante 15 dias. “É um alívio essa vacina. Ficamos muito preocupados quando ela ficou doente. Agora está tudo bem”, afirmou a sobrinha Marta Dantas.

Doses

Na sexta-feira (26), a SMS recebeu cerca de 10.700 doses destinadas ao público trabalhador e à população idosa. A partir desta segunda-feira (01), serão vacinados idosos com 84 anos ou mais, na terça, 83+, na quarta, 82+, na quinta, 81+, na sexta, 80+. Chegaram vacinas dos laboratórios AstraZeneca e Coronavac.

“As pessoas devem ficar atentas à questão do esquema vacinal. A segunda dose da vacina do Butantan pode ser administrada de duas a quatro semanas depois da primeira dose. Já a dose da AstraZeneca, que é a vacina da Fiocruz, são 12 semanas, três meses após a primeira dose. É de suma importância que a população que recebe essa vacina fique atenta ao retorno para completar o esquema vacinal”, ressaltou Fernando Virgolino.

O objetivo é que até a próxima sexta-feira (5) toda a população acima de 80 anos busquem os locais de vacinação, com esquema drive-trhu, que são os shoppings Manaíra e Mangabeira para a população idosa que vai receber a primeira dose, e aqueles que vão receber a segunda dose da vacina deverão procurar o ginásio O Ronaldo, no Cristo. O horário de funcionamento desses locais é das 9h às 17h. Os beneficiados devem apresentar um documento de identificação com foto e cartão do SUS ou CPF.

Cadastro – No caso dos idosos acamados que ainda não tomaram a primeira dose, os familiares devem fazer o cadastramento por telefone, ligando nos números 3214-7219 ou 3214-7971. A vacinação será realizada em domicílio.

Profissionais de Saúde – Os trabalhadores de saúde que irão tomar a vacina devem apresentar os seguintes documentos de comprovação, devendo levar cópias para ficarem retidas: carteira do conselho profissional ou declaração do serviço que trabalha ou contracheque. No caso da segunda dose, precisam levar a cópia do comprovante da primeira dose.

Balanço – Desde o início da Campanha de Vacinação contra a Covid-19 até a última sexta-feira (26), a Prefeitura da Capital já aplicou a primeira dose da vacina em 28.628 pessoas e a segunda dose em mais 5.971 pessoas. Os dados estão disponíveis no Portal da Transparência do Município.