Mudanças no Dpvat: Gestão de recursos e pagamentos passam para a Caixa

0
185

A Caixa Econômica Federal assume nesta segunda-feira, 18, a gestão dos recursos e do pagamento do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Dpvat). O processo de transferência foi explicado pelo presidente do banco, Pedro Guimarães, e pela superintendente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Solange Vieira.

Segundo informações da Caixa, a migração vai deixar o processo de pagamento do seguro mais eficiente, além de fazer com que ele ocorra com mais rapidez e que haja mais transparência na gestão dos recursos.

O que é o Dpvat?

O Dpvat é um seguro criado em 1974 para indenizar vítimas de acidente de trânsito, independentemente de quem é o culpado, sejam elas motoristas, passageiros ou pedestres. Os valores variam conforme o caso, incluindo reembolso de despesas médicas e hospitalares, invalidez permanente total ou parcial e até indenização por morte

Todos os acidentes de trânsito que envolvem veículos sujeitos a licenciamento do Detran (carros, motos, caminhões, caminhonetes, ônibus e tratores) são cobertos pelo seguro.

Como entrar com o Dpvat?

A partir desta segunda-feira, 18, os pedidos de indenização devem ser feitos nas agências da Caixa. Basta apresentar os documentos solicitados por lei, que variam conforme a cobertura buscada.

Em breve, o banco irá lançar um aplicativo exclusivo para o Dpvat, visando facilitar e desburocratizar o processo de entrada no seguro. Por meio dele, o solicitante poderá fazer o upload dos documentos exigidos e acompanhar o processo.

Leia mais: Seguro DPVAT não será cobrado em 2021; Confira o que mudou