Movimento de Advogados Independentes faz nota contra censura do Instagram

0
161
Movimento de Advogados Independentes faz nota contra censura do Instagram
Movimento de Advogados Independentes faz nota contra censura do Instagram

Depois de uma semana marcada por censuras e condenações, o Movimento Advogados Independentes lançou uma nota oficial de repúdio aos atos.

O Movimento Advogados Independentes Amazonas lançou manifesto condenando a censura imposta pelo Instagram ao Presidente da Direita Amazonas.

Segue o manifesto:

O ativista político amazonense, Presidente do Movimento Direita Amazonas Carlos Lucoli foi alvo de perseguição e censura pela mídia social Instagram ao comentar em sua página pessoal uma festa universitária que foi divulgada na página festasdaufamcityoficial com nome “MINHA BOCA NA SUA, ROLA? OBS: COM OU SEM VÍRGULA, tema da suposta “festa da calourada 2019” que permite somente duas interpretações.

Ora, a censura do Instagram ocorrida após denúncia da “calourada” seguidora da página festasdaufamcityoficial é descabida e injusta, porquanto, Carlos Lucoli exerceu seu direito fundamental e constitucional de livre manifestação do pensamento e opinião apresentando uma constatação do atual retrato da universidade federal onde a ideologia nefasta da liberação sexual dentro do estabelecimento está dando lugar para a degradação moral e sexual.

A simples manifestação do presidente do Movimento Direita Amazonas provocou uma celeuma nas redes sociais daqueles que defendem a imoralidade e o liberalismo sexual na universidade federal do amazonas por meio de festas com temas subliminares.

Nunca se viu tanta censura das redes sociais por um grupelho de inconformados, como está ocorrendo nos dias de hoje. O Estado do Amazonas esta passando por mudanças doa a quem doer, a desordem, a ideologia de ocupação nefasta dos espaços para propagar o falido socialismo ideológico e libertino onde a mente humana é escravizada através da lavagem cerebral esquerdista da deturpação dos valores morais já é coisa de um passado que não merece ser lembrado.

A rede social INSTAGRAM desconhece os preceitos básicos da liberdade de opinião, a nossa Magna Carta DE 1988, consagra esse entendimento em seu artigo 5°, IV, VI, IX, c/c art. 220, §2°, além da legislação universal que ampara o livre pensar, portanto é altamente reprovável a atitude da referida rede social.

Não estamos vivendo nas trevas, e sim na luz do conhecimento pleno, onde a verdade deve prevalecer, onde o debate de ideias é salutar, divergir faz parte da essência humana, não somos obrigados a aceitar tudo o que é nos colocado a mesa, isso é secular, isso é história basta pesquisar, exemplo esse que serve a manifestação do Presidente do Movimento Direita Amazonas Carlos Lucoli que expressou a sua opinião sobre a festa mencionada acima, exerceu o seu direito e continuará exercendo, ele tem o direito a se posicionar gostem ou não, primeiro está na essência do ser humano discordar, e segundo, a nossa Magna Carta o ampara.

Que o INSTRAGAM retire essa patética censura e deixe a opinião do ativista do Direita Amazonas ser livremente manifestada, e que com a sua opinião faça com que outras pessoas fiquem incomodadas e saiam da caverna, isso é democracia, isso é estimular o debate, só assim avançaremos como sociedade, NÃO AS TREVAS, VIVA A DEMOCRACIA, VIVA A LIBERDADE DE OPINIÃO.

Marcelo Augusto dos Santos Pinheiro – Advogado – OAB/AM nº 9.365, membro do Movimento Advogados Independentes Amazonas.

Deixe uma resposta