Mourão critica Gilmar Mendes, e diz que o ministro ‘forçou a barra’ e ‘cruzou a linha da bola’

0
28

O vice-presidente da República, o General Hamilton Mourão, fez crítica ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira (13), ao falar a respeito da declaração do ministro sobre o desempenho do Exército brasileiro no tocando ao enfrentamento do novo vírus.

Em uma live, Mourão afirmou:

“Vou usar uma linguagem do jogo de polo: ele [Gilmar] cruzou a linha da bola (…) ao querer comparar com genocídio o fato das mortes ocorridas no Brasil durante a pandemia, querer atribuir essa culpa ao Exército porque tem um oficial-general do Exército como ministro interino da Saúde [Eduardo Pazuello]”,

E prosseguiu:

“Ele [ministro] forçou uma barra aí que agora está criando um incidente com o ministério da Defesa”, disse o vice-presidente da República. E acrescentou: “A crítica vai ocorrer, tem que ocorrer, é válida, mas o ministro ultrapassou o limite da crítica.”

O General retornou a declarar que, no entanto, as rusgas entre o poder Executivo e outros poderes tiveram uma diminuição na tensão recentemente.

Com a informação: O Antagonista

Deixe uma resposta