Monsenhor Robson tomará posse na Basílica das Neves na Capital

0
60
Monsenhor Robson tomará posse na Basílica das Neves na Capital
Monsenhor Robson tomará posse na Basílica das Neves na Capital

O monsenhor Robson Bezerra de Mello será empossado, amanhã, às 9h, como novo pároco oficial da Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa, substituindo o padre Geraldo Magela Duarte. O evento ocorrerá durante a missa a ser celebrada pelo arcebispo dom Manoel Delson Pedreira da Cruz, que também lerá o decreto de posse. Ordenado padre na Catedral das Neves em dezembro de 1987, o monsenhor Robson, em pouco tempo, foi nomeado administrador paroquial da paróquia Nossa Senhora da Conceição, abrangendo o centro da cidade, a Ilha do Bispo e o Alto do Mateus.

Também foi responsável pela Pastoral Universitária e assumiu paróquias em João Pessoa e Recife, tendo atuado ultimamente na pró-paróquia Nossa Senhora do Brasil, no Recanto do Poço, Cabedelo, com atuação, também, na paróquia do Jacaré, onde desenvolveu trabalhos de evangelização em favor dos pobres. Em 1989, monsenhor Robson cursou Sociologia na Universidade Católica de Pernambuco no Recife. Foi vigário em Boa Viagem, Peixinhos e administrador da paróquia em Brasília Teimosa. De volta a João Pessoa, em 1997, foi pároco no Valentina Figueiredo, nomeado vigário pastoral e responsável pela Cáritas Arquidiocesana.Em 2000 foi para Pádua, na Itália, onde cursou Relações Internacionais e fez pós-graduação em gestão e direção educacional na Universidade local. Por oito anos fez parte da direção do colégio universitário Padre Mazza, de onde saiu para ser missionário no Quênia, África Oriental. Voltando ao Brasil, em 2010, foi superior dos padres Mazzianos em Olindae diretor da Casa Melotto para jovens estudantes pobres, da qual foi fundador em 1989 comas bênçãos de dom Helder Camara. Em 2011 veio para João Pessoa cuidar da saúde de sua mãe; foi acolhido pelo arcebispo dom Aldo Pagotto, que o designou como vigário da Catedral e capelão dos Maristas. Depois foi convidado para trabalhar no Recanto do Poço.

Em texto de despedida que fez publicar, o Conselho Paroquial da paróquia Nossa Senhora do Brasil Recanto do Poço destacou a atuação do monsenhor. “Queremos que saiba que o senhor nunca será esquecido. Lembraremos de cada detalhe, dos puxões de orelha ao fim das missas, de cada confissão, de cada homilia. Queremos também agradecer por todos os momentos de descontração que tivemos juntos, pelos sorrisos compartilhados, histórias engraçadas e pelos conselhos muito bem colocados. Saiba que por onde o senhor estiver, para onde Deus lhe enviar, estaremos sempre rezando pelo senhor e para todo o sempre o senhor vai estar presente em nossos corações. Foram três anos de muito aprendizado, de muitos sacramentos realizados. Sua vinda foi e será sempre engrandecedora, pois, mesmo com sua saída, buscaremos seguir seus exemplos e ensinamentos”.

Deixe uma resposta