Monitor da Violência: número de pessoas mortas pela polícia aumenta 43% na Paraíba em 2020

0
55
Foto: Divulgação

A Paraíba registrou um aumento de 43% no número de pessoas mortas por policiais na ativa numa comparação entre 2019 e 2020, segundo dados do Monitor da Violência realizado pelo portal G1 em todos os estados do Brasil. Em 2019, foram 28 pessoas mortas em território paraibano por policiais na ativa, contra 40 mortes registradas no ano seguinte. Ainda assim, proporcionalmente, o índice paraibano é um dos menores do país.

Procurado pelo portal G1, o Núcleo de Análise Criminal e Estatística da Secretaria de Segurança e Defesa Social do Governo da Paraíba informou que o aumento no número de mortes em 2020 se deu por causa do desfecho de duas ocorrências de enfrentamento a quadrilhas de assalto a bancos. A polícia conseguiu interceptar os suspeitos e, neste casos, o confronto é frequente porque as quadrilhas costumam agir bem armadas e, por isso, não se rendem, reagindo violentamente à abordagem.

Isso porque, do ponto de vista proporcional, o estado registrou uma morte a cada 100 mil habitantes paraibanos em 2020 (contra 0,6 em 2019). É a quinta menor relação entre número de mortes a cada 100 mil habitantes. Fica atrás apenas de Distrito Federal (0,4), Maranhão (0,6), Mato Grosso do Sul (0,7) e Minas Gerais (0,6). Aparece empatado ainda com Piauí e Rio Grande do Sul.

A média paraibana, inclusive, segue menor do que a nacional. Já que, considerando os números de todo o Brasil, foram 2,7 mortes a cada 100 mil habitantes no ano passado. E isso acontece mesmo com redução nos números nacionais absolutos. Em 2019, o Brasil registrou 5.829 mortes por policiais na ativa, contra 5.660 em 2020. Foram 169 mortes a menos.

O estado com o pior índice proporcional foi o Amapá (12,8 mortos a cada 100 mil habitantes). Já o Rio de Janeiro, com 1.239 mortes, foi o pior estado em números absolutos.

Policiais mortos na ativa

O Monitor da Violência mostrou também os números sobre policiais militares e civis mortos na ativa em cada estado. Na Paraíba, foram dois policiais mortos em 2019 e três policiais mortos em 2020. Um aumento de 50%. Em todo o Brasil, foram 180 policiais mortos em 2019 e 198 mortos em 2020, num aumento de 10%.

A Paraíba registrou em 2020 uma média de 0,2 policial morto a cada mil, enquanto a média nacional é de 0,4. Acre, Paraná, Rio Grande do Sul e Tocantins foram os únicos estados que não registraram mortes de policial no ano passado.

Com G1/PB