População mata e ateia fogo em suspeito de estuprar e assassinar adolescente

Os moradores invadiram um quartel da polícia para matar o jovem de 18 anos

imagem09-07-2018-19-07-21

DA REDAÇÃO O TEMPO

Um grupo de moradores do município de Borba, no Amazonas, invadiu um quartel da polícia e matou um jovem de 18 anos que estava detido no local, na noite desse domingo (8). Após o crime, ele teve o corpo queimado em frente a corporação. Ele é suspeito de estuprar, assassinar e enterrar uma adolescente de 14 anos no início deste mês.

Conforme apurou o site G1, o suspeito foi detido no final da tarde desse domingo (8). Como havia muita movimentação na porta da sede da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), a Polícia Civil pediu apoio para manter a ordem e segurança no local.

Devido a revolta da população por conta do crime, dezenas de populares se reuniram em frente ao quartel e invadiram o local. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), ele foi retirado do prédio, agredido e morto na rua.

Após ele ser morto, o grupo colocou o corpo ao lado de um sofá e fez uma fogueira.

Segundo o G1, seis policiais ficaram feridos durante a ação. O prédio da corporação foi depredado.

Fonte: O TEMPO

VEJA TAMBÉM:

VINGANÇA: Marido mata estuprador de sua esposa e manda o corpo até delegacia