– Esportes – Tite vê Neymar insubstituível, mas diz que responsabilidade deve ser dividida

Sem poder contar com Neymar para os amistosos com a Rússia e a Alemanha, o técnico Tite afirmou nesta quinta-feira que o atacante do Paris Saint-Germain é “insubstituível”. Porém, o treinador da seleção brasileira fez questão de destacar que quer ver a responsabilidade pelos resultados da equipe compartilhada entre todos os jogadores. 

“O Neymar é insubstituível. Pelo alto nível e qualidade que tem”, declarou Tite, na véspera do amistoso com a Rússia, em Moscou. Para este e para o duelo com a Alemanha, o treinador vai escalar Douglas Costa no lugar do jogador do PSG, que se recupera de uma cirurgia no pé direito. “O Douglas Costa não vai substituir o Neymar, ele vai ser o Douglas Costa. Temos que assumir a responsabilidade de ser forte enquanto equipe.” 

Para Tite, Neymar só brilhará na Copa do Mundo se a seleção exibir bom futebol como um todo. “Não posso colocar nas costas do principal atleta, do mais midiático, a solução das coisas. Kaká disse que foi considerado melhor do mundo porque a equipe estava muito bem. O último Bola de Ouro brasileiro, mas fala da força da equipe, é grandeza. Neymar será forte se a equipe for forte.”

Tite confirmou a escalação de Douglas Costa no treino desta quinta-feira, no gramado do estádio Luzhniki. Ele escalou a equipe com Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Philippe Coutinho; Willian, Douglas Costa e Gabriel Jesus. 

Maior destaque da seleção, Neymar ainda se recupera de uma fratura no quinto metatarso do seu pé direito, sofrida em fevereiro. Fora dos amistosos desta sexta e da próxima terça, ele deve estar à disposição de Tite para os jogos contra Croácia e Áustria nos dias 3 e 10 de junho, respectivamente, que serão os últimos testes antes do Mundial, no qual o time nacional estreará pouco depois, no dia 17, contra a Suíça, na cidade russa de Rostov.

Fonte: Estadão Conteúdo