Ministro de Bolsonaro, Salles rebate acusações da extrema-esquerda no STF: ‘herdamos o desmonte ambiental de gestões anteriores’

0
77

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participou de audiência pública no Supremo Tribunal Federal sobre o Fundo Amazônia. A audiência foi convocada pela ministra Rosa Weber, vice-presidente da Corte, para dar subsídios ao julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão 59, em que partidos de extrema-esquerda apontam omissão inconstitucional da União.

O ministro lembrou que o território da Amazônia é a área mais rica do Brasil sob o ponto de vista de recursos naturais, mas tem o pior Índice de Desenvolvimento Humano do País. O ministro Ricardo Salles explicou que não houve qualquer “desmonte”. Salles disse: “Nós, do governo federal, em janeiro de 2019, havíamos recebido os órgãos ambientais com 50% de déficit de pessoal, graves problemas orçamentários, desestruturação de planejamento futuro. Portanto, ao contrário do que provavelmente foi dito pelos partidos que ajuizaram esta ação, não houve desmonte ambiental. Nós herdamos o desmonte ambiental que veio de gestões anteriores”.

Leia também: Ao vivo, Bolsonaro ‘arrebenta’ João Doria: ‘Figuras nanicas, hipócritas, idiotas, boçais, achando que manda no estado dele’

Veja: