Ministério comprou milhões em cestas básicas; produtos estão em galpão de Campina Grande/PB

Foto: Reprodução

Uma inspeção realizada pela Secretaria da Fazenda terminou na apreensão de 98 mil cestas básicas, em Campina Grande. O responsável pela mercadoria foi autuado em R$ 2 milhões, somando-se multa e impostos. Para além da infração fiscal, outros elementos da ocorrência despertaram a atenção dos fiscais.

As cestas foram adquiridas pelo Ministério da Cidadania para serem destinadas a municípios paraibanos. O objetivo seria amenizar a fome de quem não tem o que colocar na mesa. Os produtos estão estocados em um galpão.

Os alimentos, conforme a Secretaria da Fazenda, foram comprados a uma empresa com sede no Estado de Minas Gerais, cujo proprietário seria um beneficiário do Programa Bolsa Família.

O valor das compras também é espantoso, para um empresário que precisaria do auxílio de um programa social: R$ 11 milhões.

A constatação causou surpresa nos fiscais e o caso está sendo encaminhado ao Ministério Público Federal (MPF).

Na última segunda-feira a prefeitura de Campina Grande noticiou o recebimento de 2 mil cestas. Os produtos, conforme o município, serão destinados a comunidades na zona rural.

O nome da empresa fornecedora dos itens, contudo, ainda é mantido sob sigilo. O destinatário das notas fiscais aqui na Paraíba, também.

De Jornal da Paraíba